Categorias
Esportes

Treze anos depois, Juventude está de volta à Série A do Brasileiro

Campeão da Copa do Brasil de 1999, o Juventude está de volta à elite do Campeonato Brasileiro após 13 anos. Nesta quarta-feira (29), a equipe de Caxias do Sul (RS) derrotou o Guarani por 1 a 0 no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP), pela 38ª e última rodada da Série B. O triunfo garantiu ao Papo a última vaga pendente à Série A de 2021. América-MG, Chapecoense e Cuiabá também conquistaram o acesso.

Rebaixado da elite em 2007, o Alviverde caiu em 2009 para a Série C e, no ano seguinte, desceu à quarta divisão. Foram três temporadas no último nível do futebol brasileiro até o acesso em 2013, com o vice-campeonato da Série D. O retorno à Série B demorou três anos. Em 2018, porém, o time sofreu uma nova queda à Série C. Desta vez, porém, o Juventude bateu e voltou, retomando o lugar na Série B já para 2020.

Apesar do Juventude ser o mais interessado na partida, foi o Guarani que quase abriu o placar, em chute cruzado do atacante Waguininho, aos quatro minutos, defendido pelo goleiro Luís Carlos. Aos poucos, os gaúchos se encontraram no jogo e, na primeira boa investida, saíram na frente. Aos 29 minutos, após uma bola roubada pelo atacante Matheuzinho, o meia Renato Cajá dominou e soltou a bomba de antes da meia-lua, marcando um golaço.

No segundo tempo, o Papo recuou as linhas para sair no contra-ataque. Aos 16 minutos, Matheuzinho balançou as redes após desvio do atacante Rafael Grampola, mas a arbitragem viu impedimento de Grampola e anulou o gol. Aos 25 minutos, o atacante Rogério parou em uma defesa de Gabriel com os pés. O goleiro bugrino apareceu de novo no lance seguinte ao defender uma cabeçada forte do zagueiro Emerson Silva, quase na pequena área.

Nos minutos finais, o Guarani até esboçou uma pressão atrás do empate, mas a defesa gaúcha se portou bem e garantiu a vitória e o acesso à primeira divisão.

O Juventude encerrou a participação na Série B na terceira posição, com os mesmos 61 pontos do Cuiabá, ficando à frente pelo saldo de gols (dez a oito). Com 48 pontos, o Guarani se despediu da competição no 13º lugar. O Bugre chegou a flertar com a briga pelo acesso, mas os sete jogos sem vencer (com cinco derrotas seguidas) distanciaram os paulistas do G-4.

CSA fica no “quase”

Além do Juventude, outras duas equipes sonhavam com a vaga restante à Série A de 2021, mas dependiam de um tropeço dos gaúchos para terem chance. Ainda assim, CSA e Avaí sequer conseguiram fazer as lições de casa. Os catarinenses foram derrotados pelo América-MG por 2 a 1. Os alagoanos empataram com o Náutico, por 1 a 1.

Precisando da vitória, o CSA teve dificuldades para criar oportunidades no primeiro tempo. Quando conseguiu, em chute do meia Gabriel, da entrada da área, aos cinco minutos, o goleiro Anderson defendeu. À medida que o jogo equilibrou, quem se deu melhor foi o Náutico. Aos 38 minutos, o atacante Erick invadiu a área pela esquerda, fez fila e bateu no canto, abrindo o marcador.

O Azulão conseguiu o empate aos 13 minutos da segunda etapa com Pedro Lucas, que driblou Anderson antes de mandar na rede. O atacante havia acabado de entrar. O gol animou o CSA, que passou a dominar as ações ofensivas, mas sem conseguir a virada. De qualquer forma, a vitória do Juventude em Campinas impediria o retorno dos alagoanos à Série A.

Goleadas em destaque

Nos demais jogos da rodada, destaque para a goleada da Ponte Preta, por 7 a 2, sobre o rebaixado Figueirense no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Quem também atropelou foi o CRB, que bateu o Cuiabá por 4 a 1 no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Garantido na primeira divisão e envolvido com a Copa Verde, que dá ao campeão uma vaga direta à terceira fase da Copa do Brasil, o Dourado foi a campo com time misto.

No Estádio Castelão, em São Luís, o Sampaio Corrêa derrotou o lanterna Oeste por 1 a 0. Mesmo placar da vitória do Operário-PR sobre outro dos rebaixados à Série C, o Botafogo-SP, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP). Já no Estádio Durival Britto, em Curitiba, o empate sem gols entre Paraná e Cruzeiro marcou o fim da melancólica participação de ambos na Série B. A Raposa permanece mais um ano na divisão, enquanto o Tricolor disputará o terceiro nível do futebol nacional em 2021.

Confira a classificação final da Série B do Campeonato Brasileiro.

Categorias
Esportes

Corinthians estreia contra Napoli-SC no Brasileiro Feminino de 2021

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta sexta-feira (29) a tabela da primeira fase da Série A1 (primeira divisão) do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino de 2021. Atual campeã, a equipe do Corinthians estreia em casa contra o recém-promovido Napoli-SC. A primeira rodada está prevista para 28 de março, um domingo.

Vice-campeão no ano passado, o Avaí/Kindermann terá pela frente o São José-SP, no interior paulista. A jornada de abertura também contempla o reencontro entre Botafogo e Bahia, no Rio de Janeiro, após o duelo entre eles pela semifinal da Série A2 (segunda divisão) de 2020, e a estreia na elite do Real Brasília, em Minas Gerais, diante do Cruzeiro. Os horários das partidas ainda serão divulgados pela CBF.

O primeiro clássico do Brasileirão, entre Santos e São Paulo, será na segunda rodada. O Corinthians terá dois rivais em sequência, pela quinta (Santos) e sexta (Palmeiras) rodadas. Na oitava rodada, ocorrerá o duelo entre Sereias da Vila e Palestrinas.

Corinthians conquista título de 2020 do Brasileiro Feminino A1Corinthians conquista título de 2020 do Brasileiro Feminino A1

Equipe corintiana conquistou o título da Série A1 do Brasileiro Feminino ao vencer a final contra o Avai/Kindermman por 4 a 2, em 6 de dezembro do ano passado – Lucas Figueiredo/CBF/Direitos Reservados

A rodada com mais clássicos será a 12ª. Além de Corinthians x São Paulo, também estão previstos os dérbis em Caçador (SC), entre Avaí/Kindermann e Napoli, e na capital federal, que reúne Minas Brasília e Real Brasília. A 13ª rodada reserva o Choque-Rainha (como ficou conhecido o duelo entre são-paulinas e palmeirenses) e o embate entre Flamengo e Botafogo. Já o Gre-Nal está marcado para a 14ª e penúltima rodada.

As 16 equipes da Série A1 se enfrentarão em turno único. Os oito primeiros colocados avançam ao mata-mata, enquanto os dois últimos caem à Série A2 de 2022. A primeira fase segue até 27 de junho. A competição será interrompida para disputa da Olimpíada de Tóquio (Japão) e retomada em 15 de agosto, com os jogos de ida das quartas de final. As partidas da final estão agendadas para os dias 12 e 26 de setembro.

Napoli-SC vence de virada, por 2 a 1, Botafogo -campeonato brasileiro feminino A2Napoli-SC vence de virada, por 2 a 1, Botafogo -campeonato brasileiro feminino A2

Napoli-SC venceu em casa o Botafogo, por 2 a 1, o jogo de ida da final da Série A2. Neste domingo (31), os times decidem o título às 16h, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro – Andrielli Zambonin/Direitos Reservados

Jogos da primeira rodada

Botafogo x Bahia

Cruzeiro x Real Brasília

São Paulo x Grêmio

Internacional x Santos

Corinthians x Napoli-SC

Palmeiras x Ferroviária

São José-SP x Avaí/Kindermann

Flamengo x Minas Brasília

Categorias
Esportes

Flamengo vira sobre o Grêmio no segundo tempo e vence na Arena

Em partida atrasada da 23ª rodada e com uma grande atuação no segundo tempo, o Flamengo venceu o Grêmio nesta quinta-feira (28), na Arena do Grêmio, por 4 a 2, chegou a 58 pontos, e agora é o vice-líder do Campeonato Brasileiro. O Tricolor permanece com 51 pontos, na 6ª posição.

Quem levou perigo primeiro foi o Grêmio, aos 9 minutos. Lançamento longo para Alisson, que invadiu a área e chutou para Hugo fazer a defesa. O Flamengo respondeu dois minutos depois, com Gabigol finalizando após passe de Arrascaeta. Vanderlei impediu o gol Rubro-Negro.

A equipe carioca quase abriu o placar aos 17 minutos. Cobrança de escanteio pela esquerda de Arrascaeta que Gustavo Henrique arrematou de primeira. Matheus Henrique salvou em cima da linha, de cabeça. No rebote, Bruno Henrique mandou por cima do gol.

O Flamengo passou a dominar e a perder gols em sequência. Na primeira chance, Gabigol tentou encobrir Vanderlei, mas o goleiro tricolor defendeu. Depois foi a vez de Gerson testar o camisa 27 gremista, que pegou chute cruzado do Rubro-Negro. A terceira grande oportunidade foi novamente de Gabigol, que entrou livre na grande área e chutou cruzado, para fora.

O Grêmio então resolveu atacar, e marcou. Troca de passes do Tricolor até a bola chegar a Alisson. Ele cruzou na área e Diego Souza apareceu entre a zaga Rubro-Negra para, de peixinho, abrir o placar, aos 39 minutos.

O Flamengo voltou melhor no segundo tempo e deixou o Grêmio acuado em seu campo de defesa. Aos 11 minutos, Arrascaeta encontrou Gabigol pela esquerda, que entrou na área e tocou para Everton Ribeiro. O camisa 7 apareceu na segunda trave e, de primeira, empatou.

Aos 14 minutos, o Rubro-Negro virou, e com um golaço de Gabigol. O camisa 9 recebeu na entrada da área, viu Vanderlei adiantado e deu um tapa na bola, acertando o ângulo direito do goleiro para fazer 2 a 1. O Grêmio sentiu a virada e se perdeu em campo.

O Flamengo passou a atacar o Tricolor. Aos 16 minutos, o time gaúcho errou a saída de bola, Arrascaeta recuperou e finalizou por cima do gol. Dois minutos depois, Bruno Henrique avançou pela direita e passou para Everton Ribeiro. Ele escorou para o gol, mas a bola desviou em Rodrigues e foi pela linha de fundo.

O Grêmio não suportou. Depois de troca de passes entre Bruno Henrique e Gabigol, Arrascaeta recebeu livre, na marca do pênalti, e apenas bateu para o gol vazio para marcar o terceiro, aos 20 minutos.

Quando parecia que a partida estava definida, o Grêmio diminuiu aos 39 minutos. Diego Souza cobrou falta com força no ângulo esquerdo de Hugo Souza, que nem se mexeu. Contudo, a reação do Imortal Tricolor terminou por aí. O Flamengo liquidou a partida aos 47 minutos, com Isla. O chileno recebeu passe de Vitinho na pequena área e deslocou Vanderlei para fechar o placar.

Na próxima rodada, o Grêmio enfrenta o Coritiba, domingo (31), às 16h, no Couto Pereira. Já o Flamengo visita o Sport, segunda-feira (01/02), às 20h, na Ilha do Retiro.

Categorias
Esportes

Bahia derrota Corinthians e deixa a zona do rebaixamento

Em partida válida pela 30ª rodada, o Bahia foi mais eficiente que o Corinthians e derrotou a equipe paulista por 2 a 1, nesta quinta-feira (28), na Arena Fonte Nova. Com o resultado, o Esquadrão de Aço chegou a 35 pontos e deixou a zona do rebaixamento, pulando para a 16ª posição. Já o Timão segue com 45 pontos, na 9ª colocação.

O JOGO

A primeira chegada foi do Corinthians já no primeiro minuto de jogo. Araos avançou pela direita e cruzou na área. A bola sobrou para Gustavo Mosquito, que bateu forte, obrigando o goleiro Douglas Friedrich a fazer grande defesa. O Timão teve a posse de bola no primeiro tempo e perdeu mais uma grande oportunidade aos 20 minutos, de novo com Mosquito. Cantillo lançou para Jô, que desviou de cabeça. A bola ficou com Gustavo, que chutou cruzado, raspando a trave direita de Douglas.

O Corinthians continuou criando chances. Aos 28 minutos, Jô tabelou com Araos, entrou na área, e chutou de perna esquerda. Douglas salvou o Bahia e espalmou para escanteio. E como quem não faz, leva, o Bahia abriu o placar em sua primeira finalização, aos 30 minutos. Cobrança de falta pela esquerda, Cássio saiu mal e a bola sobrou para Rossi. O atacante chutou mascado e Gilberto apareceu para finalizar, de cabeça, e fazer o primeiro do jogo.

Enquanto o Timão trocava passes e não levava perigo ao adversário, o Bahia aumentou o placar. Fábio Santos e Bruno Méndez se enrolaram na armação da jogada e Thiago recuperou. Ele passou para Juan Ramírez, que driblou Gil e Fábio Santos antes de finalizar, vencer Cássio e marcar um golaço: 2 a 0.

O Bahia quase fez o terceiro logo aos dois minutos do segundo tempo. Rossi subiu pela direita e deu um passe perfeito par Thiago, que apareceu entre os zagueiros, chutou e obrigou Cássio a fazer grande defesa. O Corinthians respondeu aos 17 minutos. Gabriel dominou no meio e chutou forte. Douglas Friedrich deu um leve toque para escanteio.

O Corinthians diminuiu aos 26 minutos. Gabriel Pereira, que tinha acabado de entrar na partida, fez grande jogada e deixou Gabriel na cara do gol. O volante tocou na saída do goleiro Douglas e fez o primeiro do Timão. No lance seguinte, o Esquadrão de Aço respondeu com arremate de longe de Thiago, mas Cássio defendeu.

Depois do gol, o Corinthians diminuiu o ritmo e o Bahia criou mais, porém parou nas defesas seguras de Cássio, que completava 500 jogos com a camisa alvinegra. No fim, vitória baiana por 2 a 1 para respirar fora do Z4 do Campeonato Brasileiro.

O próximo compromisso do Corinthians será contra o Ceará, quarta-feira (03), às 21h30 (horário de Brasília), na Neo Química Arena, em São Paulo, pela 34ª rodada. Isso pois a partida contra o Santos, válida pela 33ª rodada, foi adiada porque o Peixe está na final da Libertadores. Já o Bahia enfrenta o Vasco, domingo, às 16h, em São Januário.

Categorias
Esportes

Hugo Calderano decide trocar de clube após fim da atual temporada

Sexto colocado do ranking mundial de tênis de mesa, Hugo Calderano deixará seu atual clube, o Liebherr Ochsenhausen da Alemanha, ao término da atual temporada, no meio de 2021. O carioca de 24 anos abriu mão de disputar a Bundesliga para dedicar mais tempo ao calendário internacional da modalidade, completamente reformulado a partir deste ano.

Os eventos internacionais ganharam ainda mais relevância, tanto em termos de pontuação quanto de premiação. E, em meio à pandemia do novo coronavírus, serão agrupados em curtas temporadas de sedes únicas, o que deixaria o brasileiro longe do clube alemão por boa parte da temporada. A primeira série de torneios de 2021 será no Qatar, de 28 de fevereiro a 13 de março.

“Preciso focar na minha carreira e nos eventos internacionais. Então, acho que essa decisão é a melhor para mim e para o clube. É claro que estarei aqui até a última partida dando o máximo para garantir que a gente chegue aos playoffs. E seria fantástico se eu pudesse me despedir do time com um título”, afirmou o carioca.

Ele chegou a Ochsenhausen em 2014, aos 18 anos, logo após a conquista da medalha de bronze nos Jogos Olímpicos da Juventude. Em quase sete temporadas, o brasileiro liderou o clube nas conquistas da Bundesliga e da Copa da Alemanha, ambas em 2019, encerrando um jejum de 15 anos da equipe. “Foi um período muito bom em Ochsenhausen, e não acabou ainda. O clube ajudou muito no meu desenvolvimento como atleta e pessoa. Meu coração sempre baterá pela equipe. Continuarei morando e treinando em Ochsenhausen porque a estrutura é ótima, sei que posso seguir evoluindo aqui”, disse.

O próximo compromisso de Hugo está marcado para 5 de fevereiro, quando sua equipe enfrenta o líder Borussia Düsseldorf, pela 16ª rodada da liga. Ochsenhausen ocupa a terceira posição na tabela, com dez vitórias em 16 jogos – os quatro primeiros avançam aos playoffs.

Categorias
Esportes

Copa Verde: Paysandu goleia e terá duelo de bicampeões nas quartas

Os dois maiores vencedores da Copa Verde se enfrentarão nas quartas de final da edição 2020 da competição. Nesta quinta-feira (28), o bicampeão Paysandu atropelou o Galvez-AC por 4 a 1 e terá como adversário na próxima fase o Manaus, também duas vezes ganhador do torneio. A partida no estádio Mangueirão, em Belém-PA, foi transmitida ao vivo pela TV Brasil.

Apesar de estar em reformulação após perder o acesso à Série B na última rodada da segunda fase da Série C do Campeonato Brasileiro, o Papão da Curuzu não teve dificuldades para liquidar o jogo no primeiro tempo. Nos primeiros dez minutos, os atacantes Uilliam Barros e Nicolas e o zagueiro Micael perderam três grandes chances. Aos 21 minutos, não teve jeito: o atacante Mateus Anderson escapou dos marcadores na entrada da área e tocou por entre as pernas do goleiro Rander.

Paysandu bateu o Galvez-AC pela Copa Verde e vai enfrentar o Manaus na próxima fase.Paysandu bateu o Galvez-AC pela Copa Verde e vai enfrentar o Manaus na próxima fase.

Paysandu bateu o Galvez-AC pela Copa Verde e vai enfrentar o Manaus na próxima fase. – Jorge Luiz/Paysandu

O gol abriu a porteira no Mangueirão. Dois minutos depois, Mateus Anderson cruzou pela esquerda, a zaga afastou mal e a bola sobrou nos pés de Uilliam Barros, que chutou no ângulo. Já aos 27, o meia Alan Calbergue recebeu na meia-lua, girou e bateu no canto, ampliando a vantagem bicolor. Aos 35 minutos, o meia Marlon ainda marcou o quarto dos paraenses.

No início do segundo tempo, o Galvez, enfim, conseguiu diminuir. Aos nove minutos, o meia Adriano Narcizo aproveitou a bobeada da zaga do Paysandu e finalizou por baixo do goleiro Paulo Ricardo. Nada, porém, que interferisse no controle de jogo imposto pelo Papão, apesar do ritmo bem mais cadenciado que nos 45 primeiros minutos. Antes do apito final, o time bicolor teve duas chances com Nicolas, aos 30 e aos 38 minutos, mas o camisa 11 parou em grandes defesas de Rander.

Além de Paysandu e Manaus, outros dois confrontos das quartas da Copa Verde estão definidos: Remo x Independente-PA e Brasiliense x Atlético-GO. O Cuiabá aguarda o ganhador da partida entre Vila Nova e Palmas, que se enfrentam na próxima terça-feira (2), às 16h (horário de Brasília), no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia. O jogo seria no domingo passado (24), teve que ser adiado após o desastre aéreo que matou quatro atletas e o presidente do clube tocantinense.

A competição reúne equipes das regiões Norte e Centro-Oeste e do Espírito Santo. A partir das quartas de final, os duelos serão definidos em partidas de ida e volta. As datas e horários dos jogos ainda serão anunciadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Categorias
Esportes

Vela: Scheidt abre ano olímpico com vice-campeonato na Espanha

Na primeira competição do ano da Olimpíada de Tóquio, Robert Scheidt conquistou o vice-campeonato no Lanzarote Winter Series. A competição terminou nesta quinta-feira (28), na raia montada no litoral do arquipélago das Ilhas Canárias, na Espanha.

O resultado mantém o bicampeão olímpico, de 47 anos, em bom momento. Em dezembro do ano passado, em Vilamoura, ele foi o terceiro na classe Laser do 3rd Portugal Grand Prix – round 1. 

A competição espanhola da classe contou 31 participantes e dez regatas, em três dias. Scheidt venceu duas e ainda teve dois segundos lugares e um terceiro. Construiu uma média com 58 pontos perdidos. O campeão, o francês Jean Baptist Bernaz, fechou a competição com 45 pontos perdidos. O terceiro lugar foi do italiano Giovanni Coccoluto, com 64pp.

“O campeonato teve um bom nível técnico, com vários velejadores estrangeiros na raia. Foi um período ótimo de treinos e aproveitei bastante a oportunidade, já que tivemos boas condições de velejada, com clima quente em relação ao inverno europeu, e isso acaba sendo um paraíso. Agora é seguir em frente na preparação para os Jogos de Tóquio”, comentou o bicampeão e maior medalhista olímpico do Brasil, com cinco pódios.

Robert Scheidt, em segundo lugar no pódio da regata em Lanzarote.Robert Scheidt, em segundo lugar no pódio da regata em Lanzarote.

Robert Scheidt, em segundo lugar no pódio da regata em Lanzarote. – Divulgação
Categorias
Esportes

De contrato renovado, Pia convoca seleção para torneio nos EUA

A técnica Pia Sundhage anunciou nesta quinta-feira (28) a convocação da seleção feminina para o She Believes, torneio amistoso que será disputado entre 15 e 24 de fevereiro em Orlando (Estados Unidos). Além das anfitriãs, atuais bicampeãs mundiais, as brasileiras terão pela frente o Canadá e a Argentina. A competição é preparatória para a Olimpíada de Tóquio (Japão).

Entre as 25 atletas chamadas pela sueca, a novidade é jogadora Ivana Fuso, do Manchester United (Inglaterra). Nascida em Salvador e criada na Alemanha, a meia de 19 anos defendeu a seleção europeia na base e vestirá a camisa brasileira pela primeira vez.

“Conheci a Ivana quando era treinadora da seleção sub-17 da Suécia e a vi jogando como capitã. Ela é forte, lê o jogo muito bem, tem muita disciplina e brasilidade. Talvez não para agora, mas, para o futuro, ela será muito importante. Como ficarei aqui por mais alguns anos, estou muito interessada em atletas como Ivana e Giovana [atacante de 18 anos que estreou pelo Brasil em 2020 e também tem nacionalidade espanhola e norte-americana]. E também penso que elas ficarão inspiradas de estarem ao lado de Marta e Formiga”, explicou Pia, em entrevista coletiva transmitida pela CBF TV.

De fato, a treinadora permanecerá no Brasil, pelo menos, até 2024. Também nesta quinta (28), o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, anunciou a renovação do contrato da sueca até a Olimpíada de Paris (França). Além dos Jogos de Tóquio, Pia também comandará a seleção feminina na Copa do Mundo de 2023, na Austrália e na Nova Zelândia.

“Estamos muito satisfeitos com o trabalho que tem sido desenvolvido pela Pia e a comissão técnica. Os números falam por si. São 72% de aproveitamento. Temos desenvolvido o futebol feminino como um todo. As competições têm crescido e as comissões têm tido a oportunidade de conhecer novas atletas e desenvolver talentos”, disse Caboclo.

“Estou emocionada. Meu coração bate forte porque é algo muito importante. Apaixonei-me por este país, por sua gente super simpática, pelo futebol e fico muito feliz”, celebrou Pia.

Foco nas norte-americanas

A estreia brasileira no She Believes será em 18 de fevereiro contra a Argentina, às 18h (horário de Brasília). No dia 21, às 17h, a adversária será a seleção dos Estados Unidos. A campanha no torneio chega ao fim no dia 24, às 18h, diante do Canadá. As partidas serão realizadas no Explora Stadium, em Orlando. Inicialmente, o Japão seria um dos participantes, mas devido à segunda onda da pandemia do novo coronavírus (covid-19) no país, as asiáticas desistiram de participar da competição – as argentinas foram convidadas no lugar.

A expectativa maior é pelo duelo com as norte-americanas, que chegaram ao quarto título mundial (o segundo consecutivo) em 2019, na França. A seleção da meio-campista Megan Rapinoe não perde um jogo há dois anos e ostenta uma invencibilidade de 33 partidas, com 30 vitórias (sete delas na última Copa) e três empates.

“Serão três jogos bem diferentes, que nos ensinarão muito. Enfrentaremos as campeãs do mundo, então podemos ver o quão boas estamos. Teremos respostas, saberemos no que trabalhar. É sempre empolgante enfrentar os melhores e elas são as melhores. Temos feito nossa lição de casa, assistido aos adversários. Ainda teremos alguns meses [até a Olimpíada de Tóquio] e tenho muita fé neste time. Temos jogadoras experientes e outras mais jovens, que trazem um frescor”, comentou Pia.

Convocadas

Goleiras: Bárbara (Avaí/Kindermann), Aline Reis (Tenerife, da Espanha) e Lelê (Benfica, de Portugal)

Defensoras: Fabi Simões (Internacional), Bruna Benites (Internacional), Tamires (Corinthians), Camilinha (Palmeiras), Tainara (Palmeiras), Rafaelle (Changchun Dazhong, da China), Jucinara (Levante, da Espanha) e Antonia (Madrid CFF, da Espanha)

Meio-campistas: Formiga (Paris Saint-Germain, da França), Luana (Paris Saint-Germain), Andressinha (Corinthians), Adriana (Corinthians), Júlia Bianchi (Palmeiras), Chú (Palmeiras), Andressa Alves (Roma, da Itália), Marta (Orlando Pride, dos Estados Unidos) e Ivana Fuso (Manchester United, da Inglaterra)

Atacantes: Ludmila (Atlético de Madri, da Espanha), Debinha (North Carolina Courage, dos Estados Unidos), Bia Zaneratto (Wuhan Xinjiyuan, da China), Cristiane (Santos) e Giovana (Barcelona, da Espanha).ìa 

Categorias
Esportes

Destaques do último Brasileiro trocam Avaí/Kindermann por Palmeiras

A lateral Bruna Calderan e as meias Duda Santos e Júlia Bianchi foram anunciadas nesta quinta-feira (28) como reforços do Palmeiras. O trio defendia o Avaí/Kindermann e se destacou na campanha do vice-campeonato da Série A1 (primeira divisão) do Campeonato Brasileiro em 2020. O desempenho pelo time catarinense rendeu convocações à seleção nacional.

Mais velha do trio, Duda defenderá o quinto clube da carreira nos gramados. Antes do Kindermann, a alagoana de 24 anos atuou por Figueirense, Kiryat Gat (Israel) e Chapecoense. Bruna, que também tem 24 anos, mas é seis meses mais nova que a meia, estava há cinco anos no time catarinense, para onde foi após se destacar no Iranduba. Júlia, de 22 anos, foi revelada na equipe de Caçador (SC) e passou também por Centro Olímpico, Ferroviária, Figueirense e Madrid CFF (Espanha).

Com as três ex-jogadoras do Kindermann no elenco, o Verdão chegou a dez reforços para 2021. Além delas, o clube acertou com a Taty Amaro, as zagueiras Karol Arcanjo e Tainara, as meias Rafa Andrade e Katrine e as atatacantes Chú e Dandara.

Mercado agitado

Outro clube com novidade na equipe feminina é o Santos, que terá Christiane Lessa como técnica para 2021. A brasiliense de 38 anos estava no Foz Cataratas, que disputou a última edição da Série A2 (segunda divisão) nacional. Antes, ela dirigiu o Sky Blue Estados Unidos) e as equipes sub-20 do Washington Spirit (Estados Unidos) e do Shandong Luneng (China), além de ter sido auxiliar no Alvadness (Noruega) e no time masculino do Atlanta Soccer Club (Estados Unidos).

Ex-jogadora, Christiane começou no Vasco, em 1998, mas se mudou para os Estados Unidos três anos depois, onde desenvolveu a carreira em times universitários e profissionais. No ano passado, retornou ao Brasil após quase 20 anos. No Santos, a técnica substitui Guilherme Giudice, que havia assumido as Sereias da Vila após o Brasileiro de 2019.

O Minas Brasília também está de comandante novo: Antônio Carlos Bona. O paulista de 54 anos ocupa a vaga deixada por Rodrigo Campos, desligado do clube há duas semanas. Bona foi preparador físico de clubes como Atlético-GO, Náutico e Corinthians e trabalhou no futebol feminino da China entre 2016 e 2019. No ano passado, atuou como auxiliar técnico da equipe sub-20 masculina do Planaltina-DF.

Além de trocar o comando, o Minas anunciou dois reforços estrangeiros para 2021: a volante paraguaia Monse Ayala, de 18 anos, e a atacante Kayla Prince, de 22 anos, com passagens pela seleção principal de Trinidad e Tobago.

O Grêmio, por sua vez, acertou a contratação da experiente zagueira Janaína Queiroz, de 32 anos, que estava no Palmeiras.

Categorias
Esportes

Monobob: Marina Tuono começa segunda etapa da Copa Norte-Americana

Nesta sexta-feira (29), a paulista Marina Silva Tuono, de 25 anos, começa sua participação na segunda etapa da temporada norte-americana de Monobob. Estreante nos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim de 2022, a modalidade consiste em um trenó com apenas um ocupante que é o responsável por empurrá-lo na largada, pilotá-lo e freá-lo após cruzar a linha de chegada da pista de gelo. As disputas deste final de semana acontecem na cidade de Lake Placid, no estado americano de Nova Iorque. “Passei por quatro dias de muita ansiedade e vários testes de covid-19 e protocolos rígidos. Agora que está tudo pronto e só ir para o gelo e correr atrás de mais resultados positivos”, projetou a atleta natural de Santo André, região metropolitana de São Paulo, e moradora da cidade de St. Charles, no Missouri, desde 2019.

Há duas semanas, em Park City, no estado de Utah, nos Estados Unidos, a brasileira abriu a temporada participando de três provas e faturando três medalhas. Nas duas descidas da primeira corrida, ela foi a segunda melhor, com a marca combinada de 1min 49seg 70. A campeã foi a norte-americana Nicole Vogt. Nas outras duas provas, a brasileira levou dois bronzes. completando as descidas em 1min49seg64 e 1min49seg83 respectivamente.

Corrida pela vaga para os Jogos de Inverno

Mesmo com essas provas não valendo pontos para o ranking, por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19), esse bom desempenho deixou Marina, que tem aproximadamente quatro anos de experiência nos esportes no gelo e apenas dois como piloto no monobob, na vice-liderança do ranking internacional da modalidade nessa temporada com 314 pontos, atrás apenas da americana Nicole Vogt, com 350. Tudo isso impulsiona ainda mais a preparação da brasileira na busca da classificação olímpica.

Pelas regras da Federação Internacional de Bobsled e Skeleton (IBSF, sigla em inglês), as atletas precisam participar de oito provas entre as temporadas 2020/2021 e 2021/2022. Além disso, devem respeitar um mínimo de cinco corridas em dois países no último ano e o mínimo de oito corridas em três países nas duas temporadas. O ranking internacional fecha em 16 de janeiro de 2022. No total, o torneio olímpico terá 20 participantes. A ideia é que quatro países com duas atletas no top 40 levem duas representantes e os próximos 12 levem uma representante aos Jogos Olímpicos de Pequim em 2022.