Categorias
Esportes

Polo aquático: seleção já está na Europa para o Pré-Olímpico

A seleção brasileira masculina de polo aquático chegou aos Países Baixos na tarde desta terça-feira (9) para a reta final de preparação visando o Pré-Olímpico da modalidade. A estreia no classificatório para os Jogos de Tóquio acontece no domingo (14) contra o Canadá. Até lá, a equipe verde e amarela ficará sediada na cidade de Zeist, onde fará quatro jogos-treino com a seleção dos Países Baixos. Na sequência, irá para Roterdã, sede do torneio.

Inicialmente, a viagem do time nacional estava prevista para o dia 30 de janeiro. A ideia era fazer a parte final da preparação na Alemanha, com o voo tendo ainda uma escala em Portugal. Mas, com as restrições impostas aos brasileiros pelos europeus por causa da pandemia da covid-19, o grupo foi barrado já no aeroporto internacional do Galeão. A permissão para a viagem só foi obtida na sexta-feira (5), quando a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) e o Comitê Olímpico do Brasil (COB) conseguiram uma autorização especial do governo dos Países Baixos.

O plantel brasileiro tem 15 jogadores e conta mais uma vez com a mescla da experiência de atletas como Slobodan Soro e Rudá Franco, com os mais jovens como o goleiro João Pedro e o atacante Rafael Vergara. “A expectativa é a melhor possível. Tivemos todo o apoio da CBDA e do COB para fazer toda a nossa preparação. Claro que tivemos esse impedimento de ir para a Europa, não conseguimos juntar toda a nossa equipe. Em contrapartida, tivemos a oportunidade de avaliarmos mais jogadores aqui no Brasil. Fizemos todos os testes no Laboratório Olímpico e, nesta oportunidade, vimos jovens aparecer muito bem e compor a seleção brasileira”, disse o treinador André Avallone.

O Pré-Olímpico de Polo Aquático está previsto para ocorrer entre os dias 14 e 21 de fevereiro em Roterdã, nos Países Baixos. Doze seleções participarão do torneio, que dará três vagas à Olimpíada de Tóquio. O grupo da equipe nacional tem Turquia, Geórgia, Montenegro, Grécia e Canadá. Os quatro primeiros da chave avançam às quartas de final. Nesta fase, os confrontos serão contra seleções do outro grupo, que tem Países Baixos, Alemanha, Croácia, Romênia, França e Rússia.

“Nós tivemos de fazer várias alterações, por conta da pandemia mesmo, mas isso tivemos todo o cuidado com os nossos atletas. Quanto mais treinos e jogos na Europa, mais ficaríamos expostos ao vírus também. Então nós com certeza saímos fortalecidos do Brasil e focados no nosso objetivo que é conquistar essa vaga olímpica”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *