Categorias
Esportes

Minas vence a primeira e derruba invencibilidade do Brasília na LNF

O Minas Tênis Clube conquistou a primeira vitória na edição 2021 da Liga Nacional de Futsal (LNF). Neste domingo (30), os minastenistas derrotaram o Brasília por 3 a 2, de virada, na Arena Minas, em Belo Horizonte, com transmissão ao vivo da TV Brasil. O resultado derrubou a invencibilidade da equipe brasiliense na competição.

Com o resultado, o Minas deixou a lanterna e subiu para o sétimo (e penúltimo) lugar do Grupo C, com quatro pontos. Mais quatro times (entre eles o Brasília) têm a mesma pontuação, com a distinção de posições feitas a partir do saldo de gols. A franquia da capital federal é o mais bem colocado deles, em quarto. Os cinco primeiros de cada chave avançam às oitavas de final, além do melhor sexto entre as três chaves da primeira fase.

O primeiro tempo foi de enorme equilíbrio. Com dificuldades para se aproximarem da área, os times optaram por chutes de média e longa distância, sem êxito. Quando passou a marcar a saída de bola dos anfitriões, o Brasília foi superior e saiu na frente faltando 45 segundos para o intervalo, com o pivô Vitão retomando a posse na entrada da área e chutando na saída do goleiro Anderson.

O Minas voltou melhor para o segundo tempo, pressionou e chegou ao empate aos sete minutos, com o ala Ribeiro disparando em velocidade pela direita e batendo forte e rasteiro, no canto esquerdo. Quatro minutos depois, o pivô Renato fez o pivô e rolou na direita para o fixo Ferro chutar cruzado e virar o marcador.

A dois minutos do fim, o ala Libânio aproveitou o erro no domínio de bola do goleiro Thiago, no meio da quadra, e mandou para o gol vazio. Nos segundos finais, o ala Moura girou e arrematou da entrada da área, descontando para o Brasília, que ainda tentou uma blitz atrás do empate, sem sucesso.

“A gente esperava uma dificuldade grande. É Liga Nacional, então os confrontos são sempre assim. A equipe deles veio com uma proposta boa, de pressionar nosso jogo. Tivemos boas chances mas, no primeiro tempo, não conseguimos aproveitá-las. Mas tivemos resiliência e soubemos nos reorganizarmos. Fizemos os gols, tivemos uma defesa eficiente e saímos com essa vitória, importantíssima na nossa caminhada”, comemorou Libânio, após a partida.

O Brasília volta a quadra no domingo que vem (6), às 11h (horário de Brasília), contra o Foz Cataratas, no ginásio do Sesc, em Ceilândia (DF). Três dias depois, no dia 9, o Minas recebe o também paranaense Marechal às 19h, em Belo Horizonte.

Categorias
Esportes

Flamengo e Palmeiras reeditam a Supercopa na estreia do Brasileirão

Flamengo e Palmeiras estreiam neste domingo (30) no Campeonato Brasileiro. A Rádio Nacional transmite o confronto no Maracanã, às 16h (horário de Brasília), com a narração de André Luiz Mendes, comentários de Mario Silva e plantão de Bruno Mendes. Os rubro-negros vão em busca do tricampeonato, já que levaram o título nas edições de 2019 e 2020. Já o Verdão não levanta a taça do Brasileirão desde 2018.

Ouça Flamengo x Palmeiras, a partir das 16h (horário de Brasília), clique abaixo:

As duas equipes já se enfrentaram neste ano em jogo eletrizante disputado no estádio Mané Garrincha, em Brasília, válido pela Supercopa do Brasil. Nos 90 minutos mais acréscimos o placar terminou em igualdade de 2 a 2. Entretanto, nos pênaltis, o atual campeão Brasileiro derrotou o campeão da Copa do Brasil do ano passado por 6 a 5.

Além da Supercopa, na temporada de 2021, os rubro-negros também conquistaram o Campeonato Carioca em duelo com o Fluminense, enquanto o time alviverde chegou à decisão do Campeonato Paulista e foi superado pelo São Paulo na final, ficando com o vice-campeonato.

Pela Copa Libertadores da América, ambos os times passaram para as oitavas de final como primeiro colocado de seus grupos. Os paulistas somaram 15 pontos, tendo o Defensa y Justicia (Argentina), Independiente del Valle (Equador) e o Universitário (Peru) como concorrentes no Grupo A. Já os cariocas conquistaram 12 pontos em confrontos com o Vélez Sarsfield (Argentina), LDU (Equador) e Unión La Calera (Chile) no Grupo G.

Flamengo e Palmeiras somam juntos 18 títulos de campeão Brasileiro na história. O Alviverde conta com 10 taças, em 1972, 1973, 1993, 1994, 2016 e 2018. Além disso, levaram a Taça Brasil em 1960 e 1967 e o Robertão em 1967 e 1976, que são títulos considerados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) equiparados ao Brasileirão. Já o rubro-negro gritou campeão em 1980, 1982, 1983, 1987, 1992, 2009, 2019 e 2020.

Categorias
Esportes

LNF: Minas busca primeira vitória no torneio contra invicto Brasília

Invicto após duas partidas na edição 2021 da Liga Nacional de Futsal (LNF), o Brasília visita neste domingo (30) o Minas Tênis Clube, que busca a primeira vitória na competição. A bola rola na Arena Minas, em Belo Horizonte, a partir das 11h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo da TV Brasil.

O duelo será o terceiro do Minas em oito dias. A sequência teve início com dois jogos fora de casa. No sábado da semana passada (22), a equipe foi derrotada por 4 a 2 pelo Foz Cataratas no ginásio Ministro Costa Cavalcanti, em Foz do Iguaçu (PR). Na última terça-feira (25), os minastenistas empataram por 1 a 1 com o Campo Mourão no ginásio Belin Carollo, em Campo Mourão (PR). A franquia mineira soma um ponto e ocupa, no momento, a oitava e última colocação do Grupo C.

A LNF é o quarto campeonato que o Minas disputa em 2021. Em fevereiro, a equipe foi campeã da Taça Brasil (referente a 2020), conquista que a credenciou a disputar a Supercopa, no mesmo mês. Na competição realizada na Arena Sorocaba, no interior paulista, também válida pelo calendário do ano passado, os minastenistas ficaram com o vice. Entre os dias 7 e 18 deste mês, já pela temporada atual, os mineiros participaram da Copa do Brasil, caindo para o São José-SP com duas derrotas.

Para encerrar a sequência ruim de resultados, o Minas aposta na volta de Renato. O pivô atuou normalmente na Taça Brasil, na Supercopa e na Copa do Brasil, mas ainda não estreou na edição 2021 da LNF devido à suspensão de quatro jogos que teve de cumprir por conta de uma expulsão na última partida da franquia pela Liga Nacional de 2020, contra o Cascavel-PR, pelas oitavas de final. O fixo Gustavo, recuperado após ter sido submetido a uma cirurgia no joelho direito, foi relacionado.

“A minha expectativa é a melhor possível. Quero sair com a vitória e uma boa atuação se der. Tive muito tempo para treinar e estou confiante de um bom desempenho individual e mais ainda do bom desempenho da equipe. Todos estão muito focados para mudar nossa situação”, afirmou Renato à Agência Brasil.

O Brasília vive melhor momento que o rival. Na estreia da LNF 2021, superou o Marechal-PR por 3 a 2 no ginásio do Sesc, em Ceilândia (DF), em 27 de abril. No mesmo local, a equipe empatou em 3 a 3 com o Praia Clube no último dia 21 de maio. A igualdade foi sacramentada nos segundos finais com gol do fixo Gui Marques, atuando como goleiro linha. A franquia soma quatro pontos, na quarta posição do Grupo C, na zona de classificação às oitavas de final. O Campo Mourão lidera a chave, com sete pontos.

Entre um duelo e outro, os brasilienses ainda enfrentaram duas vezes o Corumbaíba-GO pela Copa do Brasil, com um empate por 1 a 1 no ginásio Gomes Pires, em Catalão (GO), e um triunfo por 4 a 1 na volta, em Ceilândia. Atuaram, também, contra o Humildade/Recanto, pelas quartas de final da Taça Brasília (competição iniciada ainda em 2020), vencendo por 2 a 1 e se classificando às semifinais.

Para o compromisso na Arena Minas, o ala e capitão Luan Leite é desfalque certo, devido à expulsão no empate com o Praia. A novidade é o goleiro Paulão, anunciado na quinta-feira (27) e que será relacionado pela primeira vez. O destaque, por sua vez, é o ala Matheus Moura, que balançou as redes nas três últimas partidas em que esteve em quadra (Praia, ida contra o Corumbaíba e Marechal).

Categorias
Esportes

Desfalcados, Brasiliense e Real Ariquemes decidem futuro na Série D

O primeiro dos quatro classificados da fase preliminar à etapa de grupos da Série D do Campeonato Brasileiro será conhecido na Boca do Jacaré, em Taguatinga (DF). A partir das 15h (horário de Brasília) deste domingo (30), Brasiliense-DF e Real Ariquemes-RO duelam, com transmissão ao vivo da TV Brasil, pelo segundo jogo do confronto eliminatório.

O Jacaré chega em vantagem por ter ganhado a partida de ida, na última quarta-feira (26), por 2 a 0 no estádio Gentil Valério, o Valerião, em Ariquemes (RO), com gols do atacante Bruno Nunes, de pênalti, e do meia Luquinhas. Os brasilienses se classificam até se perderem por um gol de diferença. Os rondonienses têm de vencer por três gols ou mais de saldo para passarem de fase no tempo normal. Caso o triunfo dos visitantes seja por dois gols e iguale o placar agregado, a decisão da vaga será nos pênaltis. O clube classificado vai para o Grupo 5, ao lado de Aparecidense-GO, Gama-DF, Goianésia-GO, Jaraguá-GO, Nova Mutum-MT, Porto Velho-RO e União Rondonópolis-MT.

Pensando no compromisso de quarta-feira (2), quando visita o Grêmio, às 16h30, em Porto Alegre, pela terceira fase da Copa do Brasil, o técnico do Brasiliense, Vilson Tadei, poupou seis titulares habituais da lista de relacionados: o lateral Diogo, o zagueiro Keynan, o volante Lídio, os meias Luquinhas e Peninha e o atacante Zé Love. Deles, apenas o último, que estava em tratamento, não foi a campo na ida. A expectativa é que o treinador escale uma formação alternativa no domingo.

No Real Ariquemes, o técnico Odilon Júnior tem pelo menos dez desfalques para o jogo que decide o futuro do time na Série D. São três atletas infectados pelo novo coronavírus (covid-19), cujos nomes não foram revelados, e outros sete por lesão. A baixa mais recente é o meia Daday, que se contundiu no jogo de ida. Assim como na partida em casa, o Furacão do Vale do Jamari terá a maior parte dos jogadores do meio para frente e no banco de reservas oriundos do elenco sub-20.

Mais Série D

Os demais três classificados à fase de grupos também serão definidos neste domingo. Às 16h, o Picos-PI recebe o Tocantinópolis no estádio Helvídio Nunes, em Picos (PI). Os visitantes ganharam o jogo de ida por 2 a 0 e podem até perder por um gol de diferença. Os piauienses têm que vencer por três gols ou mais para avançarem. Caso os anfitriões igualem o placar agregado, a decisão será nas penalidades. Quem passar, entra no Grupo 2, ao lado de 4 de Julho-PI, Guarany de Sobral-CE, Imperatriz-MA, Moto Club-MA, Palmas-TO e Paragominas-PA.

Às 17h, no estádio Canarinho, em Boa Vista, o GAS (Grêmio Atlético Sampaio-RR) encara o Santana-AP. Os roraimenses levaram a melhor em Macapá, na última quarta, por 2 a 1 e têm a vantagem do empate. Os amapaenses precisam ganhar por dois gols ou mais. Caso a vitória dos visitantes seja por um gol, a vaga será definida nos pênaltis. O classificado vai para o Grupo 1, com Ypiranga-AP, Fast Clube-AM, Penarol-AM, Castanhal-PA, Galvez-AC, São Raimundo-RR e Atlético-AC.

Já às 18h, o Rio Branco-ES encara a Aquidauanense-MS no Kleber Andrade, em Cariacica (ES), com vantagem significativa, já que venceu no interior sul-mato-grossense por 4 a 1, na ida. O Capa Preta se classifica até se perder por dois gols de diferença. O Azulão da Princesa precisa golear por quatro ou mais gols de saldo para avançar. A decisão será nos pênaltis se o clube de Aquidauana (MS) igualar o placar agregado. Quem seguir, ingressa no Grupo 6, com Águia Negra-MS, Boa Esporte-MG, Caldense-MG, Ferroviária-SP, Patrocinense-MG, Rio Branco de Venda Nova-ES e Uberlândia-MG.

Categorias
Esportes

Bahia passeia na estreia do Brasileiro, que já tem 1º técnico demitido

A edição 2021 da Série A do Campeonato Brasileiro teve início neste sábado (29). O primeiro time a vencer na competição foi o Bahia, que derrotou o Santos por 3 a 0 no estádio de Pituaçu, em Salvador. Nos outros dois encontros da noite, somente empates. No Morumbi, na capital paulista, São Paulo e Fluminense não saíram do zero em partida transmitida ao vivo pela Rádio Nacional. Na Arena Pantanal, Cuiabá e Juventude ficaram no 2 a 2, no jogo que abriu a competição. A igualdade custou o emprego do técnico Alberto Valentim, do Dourado.

O triunfo baiano no Pituaçu foi decidido nos primeiros sete minutos do segundo tempo, depois de uma etapa inicial em que o Esquadrão de Aço já havia sido superior ao Peixe. Antes mesmo do ponteiro do cronômetro completar a primeira volta, o lateral Pará bobeou e Rossi aproveitou. O atacante cruzou pela direita e o meia Thaciano apareceu na área para concluir.

Aos quatro, Rossi novamente escapou pela direita e deu assistência para Thaciano finalizar e ampliar. Três minutos depois, o meia Daniel cruzou pela esquerda o zagueiro Juninho, livre, cabeceou para marcar o terceiro do Tricolor. Desnorteado com os gols em sequência e mesmo com a posse de bola na casa dos 60%, o Santos foi incapaz de criar perigo.

Os dois times têm compromissos pela terceira fase da Copa do Brasil antes da próxima rodada da Série A. Na terça-feira (2), o Bahia enfrenta o Vila Nova no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia, às 16h30 (horário de Brasília). No mesmo dia, às 19h, o Santos visita o Cianorte-PR no estádio Albino Turbay, em Cianorte (PR).

Pelo Brasileirão, as equipes voltam a campo no próximo sábado (5). O Peixe encara o Ceará às 19h (horário de Brasília), na Vila Belmiro, em Santos (SP). Mais tarde, às 21h, o Esquadrão mede forças com o Red Bull Bragantino no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), às 21h.

Empate no Morumbi

Na capital paulista,  o Fluminense foi superior ao São Paulo no primeiro tempo e só não saiu na frente porque o goleiro Tiago Volpi defendeu um pênalti batido pelo meia Nenê aos 28 minutos. Na etapa final, o Tricolor carioca quase abriu o placar no minuto inicial, com Gabriel Teixeira. O atacante recebeu cruzamento pela direita do lateral Martinelli e chutou na saída de Volpi. A bola desviou no goleiro e tocou na trave.

Os anfitriões só conseguiram assustar na reta final da partida, com Joao Rojas. Aos 40 minutos, o atacante finalizou de surpresa, com o joelho, após cruzamento do lateral Reinaldo pela esquerda, mandando à direita, rente ao gol de Marcos Felipe. Nos acréscimos, o equatoriano teve nova oportunidade, mas o lance foi todo anulado por impedimento do atacante Éder na origem da jogada.

Aguardando a definição dos adversários nas oitavas de final da Libertadores, que sairá na terça, São Paulo e Fluminense terão a semana cheia para treinar. O Tricolor paulista só volta a campo no sábado que vem, às 19h, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, contra o Atlético-GO. O Tricolor carioca joga no próximo domingo (6), às 11h, diante do Cuiabá, no Maracanã.

Igualdade e demissão

Os mato-grossenses, aliás, saíram na frente do Juventude aos 28 minutos da primeira etapa, com o atacante Jonathan Cafu. Foi o primeiro gol da competição e o primeiro da história do Cuiabá na elite nacional. Antes do intervalo, os gaúchos conseguiram a virada, com gols do volante Wescley, aos 42, e do atacante Matheus Peixoto, aos 45 minutos. No segundo tempo, após muito pressionar, o Dourado igualou aos 41 minutos, com Élton aproveitou cruzamento do também atacante Guilherme Pato.

Após a partida, o Cuiabá anunciou a demissão de Alberto Valentim. O técnico durou apenas dez jogos no comando da equipe, com sete vitórias e três empates. Apesar do título estadual invicto conquistado no último domingo (23), o Dourado foi eliminado de forma precoce da Copa do Brasil, caindo para o 4 de Julho-PI nos pênaltis, na segunda fase. O time será dirigido pelo auxiliar Luiz Fernando Iubel, de forma interina, até a contratação do novo treinador.

O Juventude, de volta à primeira divisão após 14 anos, volta a campo no outro domingo, pela segunda rodada do Brasileirão, para enfrentar o Athletico-PR no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), às 18h15.

Categorias
Esportes

Série C: estreantes Floresta e Novorizontino vencem na primeira rodada

Disputando a Série C do Campeonato Brasileiro pela primeira vez nas respectivas histórias, Floresta-CE e Novorizontino-SP estrearam com vitória na edição 2021 da competição. Os cearenses derrotaram a Jacuipense-BA por 2 a 0 no estádio Horácio Domingos de Souza, o Domingão, em Horizonte (CE). Já os paulistas superaram o Figueirense por 1 a 0 no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP).

O meia Flávio Torres, aos 28, e o atacante Deysinho, aos 47 minutos, ambos no primeiro tempo, asseguraram a vitória do Lobo da Vila Manoel Sátiro. Eles fizeram parte da campanha do vice-campeonato da Série D de 2020, transmitido pela TV Brasil, que culminou no inédito acesso à terceira divisão. A vitória deixou o Floresta na liderança temporária do Grupo A, com três pontos. Os baianos, por sua vez, permanecem zerados.

Os outros jogos da chave terminaram empatados. No estádio Antônio Guimarães de Almeida, em Tombos (MG), Tombense-MG e Paysandu-PA ficaram no 1 a 1. O lateral Israel, contra, deixou os mineiros à frente aos seis minutos. Os anfitriões tiveram o meia Jhemerson expulso aos 31 minutos da primeira etapa e seguraram a vantagem no marcador até os acréscimos do segundo tempo, quando o volante Bruno Paulista igualou.

Ambos os times somaram um ponto, assim como Botafogo-PB e Ferroviário-CE, que não saíram do zero no estádio José Américo de Almeida Filho, o Almeidão, em João Pessoa.

No Grupo B, o lateral Felipe Rodrigues, de cabeça, aos 12 minutos do primeiro tempo, decretou a vitória do Novorizontino sobre o Figueirense. Com três pontos, o Tigre paulista divide a ponta provisória da chave com o Tigre catarinense, já que o Criciúma-SC também estreou ganhando: 1 a 0 para cima do Ituano-SP no Heriberto Hülse, em Criciúma (SC), com gol do meia Dudu Figueiredo, aos 26 minutos da etapa final.

Vale lembrar que o Novorizontino que disputa a Série C é o Grêmio Novorizontino, fundado em 2010. Apesar da semelhança em nome, cores (amarela e preta), escudo e mascote, o clube não é o Grêmio Esportivo Novorizontino, campeão da terceira divisão em 1994 e vice do Campeonato Paulista em 1990, que teve a falência decretada em 1999.

Categorias
Esportes

Surfe: Jogos Mundiais são adiados para domingo devido à covid-19

A Associação Internacional de Surfe (ISA, sigla em inglês) adiou para este domingo (30) o início dos Jogos Mundiais da modalidade, o ISA World Surfing Games, que começariam neste sábado (29) em El Salvador. A decisão foi tomada um dia após os organizadores confirmarem 18 casos de infecção pelo novo coronavírus (covid-19), sendo 11 atletas. Outros dez testes foram inconclusivos e serão repetidos.

As disputas ocorrem a partir das 11h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo do Canal Olímpico do Brasil. O evento vai até dia 6. O surfe brasileiro será representado por seis atletas: Júlia Santos, Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima (vice em 2019) entre as mulheres, que competirão em La Bocana, e Ítalo Ferreira (atual campeão), Gabriel Medina (bronze na última edição) e Filipe Toledo no masculino, com disputa nas águas de El Sunzal. Deles, somente Filipe não compete neste domingo (30). O país busca o segundo título consecutivo por equipes no Mundial.

Do sexteto, apenas Filipe e Júlia não estarão na Olimpíada de Tóquio (Japão). Os surfistas garantidos na capital japonesa se credenciaram pelos resultados no circuito da Liga Mundial de Surfe (WSL, sigla em inglês) de 2019. A competição em El Salvador define os últimos 12 classificados. No caso brasileiro, porém, o limite de dois atletas por país já foi atingido.

Surto de covid-19

Ao revelar os casos de covid-19 durante entrevista coletiva na sexta-feira (28), o presidente da ISA, Fernando Aguerre, disse que os protocolos de segurança adotados pela entidade “já previam esse tipo de situação” e que os infectados “foram prontamente colocados em isolamento”. Conforme o dirigente, “não se trata de um foco gerado no evento, mas de casos isolados”. Os atletas infectados foram colocados em quarentena em um hotel oferecido pelo governo de El Salvador. Os nomes não foram divulgados.

Segundo a entidade, de quarta (26) a quinta-feira (27), foram realizados 564 testes entre os envolvidos na competição. Os atletas com resultados negativos poderão competir no domingo, mas terão de seguir um “rigoroso protocolo” de segurança e serão submetidos a novos exames durante o evento. Em nota, a Confederação Brasileira de Surfe (CBSurf) informou que os representantes do país no Mundial “estão todos seguros e instalados em quartos individuais em um hotel que está atendendo exclusivamente” à equipe nacional.

“Localizado em uma praia vizinha às praias de competição, o que nos garante maior privacidade e isolamento, o hotel oferece toda a estrutura necessária para o treinamento, com academia, piscina, sala para análise de vídeos, e a recuperação dos nossos atletas, com sala de fisioterapia e massagem”, afirmou o presidente da CBSurf, Adalvo Argolo, no comunicado à imprensa.

Categorias
Esportes

Gols de fora da área dão vitória ao Coritiba sobre Avaí pela Série B

A Série B do Campeonato Brasileiro de 2021 começou melhor para o Coritiba do que para o Avaí. Neste sábado (29), o Coxa superou os atuais campeões de Santa Catarina por 2 a 0 no Couto Pereira, em Curitiba, pela rodada de abertura da competição. O resultado encerrou uma invencibilidade de 15 jogos do Leão da Ilha.

Os arremates de fora da área foram decisivos para o Coxa sair vitorioso. Aos 13 minutos, o atacante Waguininho arrematou próximo à meia-lua. A bola desviou no zagueiro Alan Costa e saiu do alcance de Gledson, parando nas redes. Na etapa final, aos sete minutos, foi a vez do volante Val soltar a bomba e surpreender o goleiro avaiano, definindo o marcador.

Na segunda rodada da Série B, o Coritiba visita o Botafogo às 21h (horário de Brasília) do próximo sábado (5), no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. No dia seguinte, um domingo (6), às 20h30, o Avaí recebe o Vila Nova na Ressacada, em Florianópolis. Antes, na quinta-feira (3), o Leão da Ilha tem compromisso na terceira fase da Copa do Brasil, em casa, contra o Athletico-PR, às 19h. Até por isso, a equipe catarinense atuou com várias mudanças (oito) em relação ao time que foi titular na conquista estadual de quarta-feira (26).

Também neste sábado, CRB e Remo empataram por 2 a 2 no Rei Pelé, em Maceió. O volante e capitão Lucas Siqueira, aos dez (de cabeça) e aos 20 minutos (no rebote de um chute do meia Marlon, em posição de impedimento), colocou o Leão Azul – de volta à Série B após 13 anos – à frente no placar.

Ainda na etapa inicial, aos 26 minutos, o atacante Hyuri bateu na saída do goleiro Vinícius e descontou. O Galo de Campina igualou aos 43 minutos do segundo tempo, em cabeçada de Diego Torres, após cobrança de escanteio do também meia Dudu.

Os dois times voltam a campo na quarta-feira (2) pela terceira fase da Copa do Brasil. Às 19h, o Remo encara o Atlético-MG no Baenão, em Belém. Às 21h30, o CRB mede forças com o Palmeiras, no Rei Pelé, em Maceió. Pela Série B, no sábado que vem – 5 de junho -, o time paraense torna a jogar pela Série B às 19h, contra o Brasil de Pelotas, em casa. No dia seguinte, 6 de junho, será a vez de a equipe alagoana visitar o Cruzeiro, às 18h15, no Mineirão, em Belo Horizonte.

Categorias
Esportes

Atletismo: Brasil sobre ao pódio 10 vezes em estreia no Sul-Americano

A seleção brasileira de atletismo conquistou dez medalhas neste sábado (29) – entre elas quatro ouros e duas pratas – na estreia no Campeonato Sul-Americano da modalidade, em Guayaquil (Equador). No início da noite de hoje (29), o país foi campeão nos 100 metros rasos feminino e masculino, com  Vitória Cristina Rosa e Felipe Bardi, respetivamente. Também teve bronze de Derick Souza que chegou em terceiro lugar nos 100m masculino. 

Pela manhã, o Brasil foi ouro no lançamento de dardo com a cearense Laila Ferrer, que conseguiu alcançar a marca de 59,97m. No mesmo pódio estava a paraibana Jucilene Sales de Lima em terceiro (59,65m).  As catarinenses Letícia Oro Melo e Eliane Martins fizeram dobradinha ouro e prata no salto à distância: Letícia assegurou o ouro ao saltar 6,63m e Eliane ficou em segundo lugar com 6,57m. Além de subirem ao pódio, as conterrâneas garantiram presença no Campeonato Mundial de Oregon (Estados Unidos), de 15 a 24 de junho.

Eliane Martins e Letícia Oto Melo, conquistam prata e ouro, no Sul-Americano de Atletismo - em 29/05/2021
Eliane Martins e Letícia Oto Melo, conquistam prata e ouro, no Sul-Americano de Atletismo - em 29/05/2021

Dobradinha brasileira no salto à distância no Sul-Americano de Guayaquil: Eliane Martins e Letícia Oro conquistaram ouro e prata, respectivamente – CBAt/Wagner Carmo/Direitos Reservados

A competição começou com a marcha atlética de 20 mil metros, com a pernambucana Érica Sena garantindo a prata ao completar as 50 voltas na pista em 1h30min51seg97, batendo novo recorde brasileiro. O anterior foi de era de Gabriela de Souza Muniz (1h35min02seg56), em 25 de abril. 

O Sul-Americano  prossegue neste domingo (30), das 11h às 13h  e das 20h às 2h:30 (horários de Brasília), com transmissão ao vivo no Canal Olímpico. A competição é uma oportunidade de os atletas somarem pontos na busca por uma vaga na Olímpíada de Tóquio Japão). O atletismo brasileiro tem até o momento 29 vagas confirmadas nos Jogos. 

Ainda neste sábado (29), a delegação brasileira ficou com a medalha de bronze no salto à distância masculino, com o paranaense Alexsandro Melo; e no lançamento de dardo, com o amazonense Pedro Henrique Nunes Rodrigues.

Categorias
Esportes

Série B: Cruzeiro tem dois expulsos e cai para o Confiança na estreia

O Confiança levou a melhor sobre o Cruzeiro na largada das equipes pela Série B do Campeonato Brasileiro de 2021. Neste sábado (29), o Dragão superou a Raposa por 3 a 1 na Arena Batistão, em Aracaju, pela primeira rodada da competição. Os mineiros terminaram o jogo com dois jogadores expulsos (o volante Adriano e o goleiro Fábio, ambos no primeiro tempo).

Os sergipanos trouxeram quatro reforços para disputar a Série B, além do técnico Rodrigo Santana, aniversariante do dia e que estava no clube há duas semanas. Apesar da falta de entrosamento, o Confiança soube neutralizar o Cruzeiro e saiu na frente. Aos 31 minutos, Neto Berola foi derrubado pelo goleiro Fábio dentro da área. O próprio atacante bateu o pênalti e converteu.

A missão celeste ficou ainda mais difícil pouco antes do intervalo. Aos 40 minutos, Adriano parou um contra-ataque e recebeu o segundo amarelo. Dois minutos depois, Fábio pôs a mão na bola fora da área e também foi expulso, deixando o Cruzeiro com nove em campo. Mesmo assim, aos dez minutos da etapa final, o atacante Bissoli, de cabeça, igualou o marcador e encheu o torcedor mineiro de esperança. Aos 20, o volante Rômulo quase virou em uma cobrança de falta que parou no travessão.

Não demorou, porém, para o Confiança restabelecer o controle das ações. Aos 26, o atacante Cristiano, frente a frente com o goleiro Lucas França, recolocou o Dragão à frente. Quatro minutos depois, o camisa 19 parou no travessão. Aos 34, o meia Daniel Penha não desperdiçou o passe do lateral-direito Marcelinho e fechou o marcador a favor do clube proletário.

O Confiança tem novo compromisso pela Série B na sexta-feira (4), às 17h30 (horário de Brasília), contra o Goiás, no estádio da Serrinha, em Goiânia, pela segunda rodada. No outro domingo (6), às 18h15, o Cruzeiro enfrenta o CRB no Mineirão, em Belo Horizonte, pela sequência da Série B. Antes, na quinta-feira (3), a Raposa mede forças com a Juazeirense-BA, também no Mineirão, às 16h30, pela terceira fase da Copa do Brasil.