Categorias
Esportes

Palmeiras supera Ceará em jogo atrasado do Brasileiro

O Palmeiras derrotou o Ceará por 2 a 1, na noite desta quarta-feira (20) no estádio do Castelão, em partida atrasada da 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com este triunfo o Verdão assumiu a terceira posição da classificação com 46 pontos. Já o Vozão permanece na 14ª posição com 31 pontos após o revés.

A vitória do Palmeiras começou a ser construída momentos antes do intervalo, quando o meio-campista Zé Rafael cobrou falta com muita categoria para vencer o goleiro Richard. O segundo do Verdão foi obra de dois jogadores que entraram no decorrer da etapa final. Aos 26 minutos Gustavo Scarpa recebeu na esquerda e cruzou para Deyverson, que apenas escorou de esquerda para marcar.

O Vozão ainda descontou com Cléber aos 43 minutos, mas o time do técnico português Abel Ferreira ficou com o triunfo final. O Ceará volta a entrar em campo no sábado (23), quando visita o Juventude. Dois dias depois o Palmeiras recebe o Sport.

Categorias
Esportes

Com dois de Navarro, Botafogo derrota Brusque na Série B

O Botafogo assumiu a vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro após derrotar o Brusque por 3 a 0, na noite desta quarta-feira (20) no estádio Nilton Santos, pela 31ª rodada da competição.

Com os três pontos obtidos em casa, o Alvinegro chegou aos 55 pontos, dois a menos do que o líder Coritiba. Já o Quadricolor é o 14º, com 35 pontos após a derrota.

Os gols da vitória do Alvinegro saíram dos pés do atacante Rafael Navarro (dois) e do meio-campista Marco Antônio.

O Brusque volta a entrar em campo no próximo domingo (24), contra o Vila Nova. Dois dias depois o Botafogo visita o Goiás no estádio da Serrinha.

Categorias
Esportes

Copa Verde: Remo promove ação para arrecadar garrafas para reciclagem

A estreia do Remo na Copa Verde merece destaque não apenas pela elástica vitória de 9 a 0 sobre o Galvez, na noite da última terça-feira (19), mas também pela iniciativa de coletar garrafas plásticas para reciclagem, ação que está dentro do espírito da competição.

Em parceria com o Instituto Alachaster, durante seis dias torcedores do Leão Azul levaram cinco garrafas pets de 2 litros em troca de desconto para a compra do ingresso para o confronto com o Galvez. O resultado foi a arrecadação de 2.420 garrafas, além do despertamento dos participantes da ação para a importância do reaproveitamento de materiais recicláveis.

O sócio-fundador do Instituto Alachaster, Ted Vale, comemorou a parceria: “É muito importante essa ação, pois atingimos um público maior na ação da reciclagem e destacamos a importância dessas ações para o meio ambiente. Sabemos que o consumo é muito grande no planeta, então, quando conseguimos reciclar parte dele, evitamos que grande parte do que descartamos vá para o lixo comum”.

Quem também comemorou foi o presidente do Remo, Fábio Bentes: “Para nós, do Clube do Remo, é muito importante fazer uma ação para preservar a Amazônia e o meio ambiente de forma geral. Iniciamos nossa participação na Copa Verde, uma competição que tem como objetivo trazer essa reflexão sobre a importância de cuidar do meio ambiente, e tivemos essa ideia de lançar a campanha de arrecadação das garrafas pets, transformando isso em desconto para torcedor, para que possamos trabalhar a sensibilização disso”.

Copa Verde

Realizada desde 2014, a Copa Verde reúne times do Espírito Santo e das regiões Norte e Centro-Oeste, e tem um nome alusivo à sustentabilidade ambiental. A competição levanta a bandeira do carbono zero e compensa a emissão com a plantação de novas árvores.

Em edições anteriores, outra ação de sustentabilidade foi a troca de garrafas PET por ingressos. Até 2019, foram recolhidas do meio ambiente em torno de 500 mil garrafas, que foram doadas a cooperativas de catadores.

Categorias
Esportes

Jair Ventura é apresentado no Juventude

Apenas cinco dos 20 clubes na elite do futebol nacional não trocaram de treinador na atual edição do Campeonato Brasileiro. A competição já avança para a 28ª rodada e apenas Atlético-MG, Fortaleza, Bragantino, Palmeiras e Corinthians ainda não mudaram de comandante. A última equipe a mudar de professor, como gostam de chamar os jogadores, foi o Juventude. O time de Caxias do Sul agora é comandado por Jair Ventura. O carioca de 42 anos tem a missão de livrar os gaúchos do rebaixamento. O Juventude abre o pelotão do Z-4, na 17º posição, com 28 pontos.

“O grande questionamento entre os treinadores é saber quanto tempo você necessita para o time ter a sua cara. Quero fazer o melhor para o Juventude”, declarou Jair Ventura.

Esta é a primeira edição do Brasileirão sob a regra de que um clube não pode demitir mais do que um técnico durante a competição. Contudo, a regra é flexível para os dois lados se houver um acordo para a saída.

Grêmio, Bahia e Atlético-GO, por exemplo, já trocaram duas vezes de treinador ao longo do campeonato.

Ouça na Rádio Nacional
Categorias
Esportes

Abhu Dabi sediará edição 2021 do Mundial de Clubes

A Fifa anunciou nesta quarta-feira (20) que Abhu Dabi, capital dos Emirados Árabes, será o palco da edição 2021 do Mundial de Clubes. O torneio, que ainda não teve as datas de realização confirmadas, provavelmente será disputado em fevereiro de 2022.

O representante da América do Sul no Mundial será definido na final da Libertadores entre Palmeiras e Flamengo, no dia 27 de novembro, no estádio Centenário, em Montevidéu (Uruguai). Os times que defenderão a Ásia e o país-sede também não foram definidos, assim como o time da Concaf, que envolve as Américas Central, do Norte e o Caribe.

O Chelsea (Inglaterra), atual dono do título da Liga dos Campeões, representará a Europa. Já a Oceania terá o Auckland City (Nova Zelândia). Pela África, o Al-Ahly (Egito) vai ao Oriente Médio com esta tarefa.

Por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19), o Japão desistiu de sediar o Mundial de Clubes. A prefeitura do Rio de Janeiro chegou a sondar a possibilidade de trazer o torneio para o Brasil, enquanto a África do Sul se candidatou formalmente, mas a Fifa optou mesmo pela proposta dos Emirados Árabes. O atual campeão do Mundial de clubes é o Bayern de Munique (Alemanha).

Ouça na Rádio Nacional
Categorias
Esportes

Coluna – Você ainda acredita em polarização no futebol brasileiro?

O discurso é antigo: as verbas da TV, maiores para Flamengo e Corinthians, iriam prejudicar o equilíbrio das disputas nacionais e fazer do Campeonato Brasileiro uma cópia de muitos campeonatos europeus, em que apenas dois times brigam pelo título, ano após ano. Discurso, aliás, sempre combatido aqui e por muitos economistas e estudiosos das finanças do futebol, que alertam, há anos, sobre a necessidade de uma boa administração, com a recusa de ceder aos “caprichos” do torcedor.

E que “caprichos” seriam esses? Brigar sempre por títulos e montar equipes cada vez mais fortes. Que, obviamente, é o sonho de qualquer clube de futebol e o desejo de sempre das torcidas. Mas desde o momento em que a profissionalização foi se aprimorando na indústria do futebol, e que as falhas administrativas se mostraram cada vez mais decisivas no desempenho de um time dentro de campo, as ambições passaram a ser distintas, as metas se ajustaram em patamares diferentes e quem não se adequar ao momento vai descer a ladeira, em vez de subir com cautela e firmeza.

E se algum dia o dinheiro da TV teve influência, atualmente está mais do que provado que não funciona assim. E aí está o Fortaleza, pela primeira vez numa semifinal de Copa do Brasil e em terceiro lugar no Brasileirão, podendo bater o recorde histórico do Vitória, que chegou aos 59 pontos e em quinto lugar no Brasileirão de 2013, até hoje a melhor campanha de um time nordestino na era dos pontos corridos.

Se olharmos os últimos dez anos da Copa do Brasil, tivemos 11 equipes diferentes nas finais. E dessas, sete foram campeãs. Onde há supremacia? Quando pensamos em Campeonato Brasileiro, nesses mesmos dez anos, foram cinco campeões diferentes e outras seis equipes chegaram na segunda posição, num total também de 11. Curiosamente, apenas duas vezes uma mesma equipe ocupou uma das duas posições nas duas competições – o Vasco foi campeão da Copa do Brasil e vice do Brasileirão em 2011, posições invertidas às do Cruzeiro, em 2014. Cadê a hegemonia?

Vejam que nem o Flamengo, nem o Corinthians, listados lá em cima, conseguiram esse desempenho. A respeito desses dois clubes, aliás, o Timão paulista ganhou três Brasileiros e soma um vice na Copa do Brasil; o Rubro-Negro carioca tem uma Copa do Brasil e um vice-campeonato, dois Brasileiros e um vice-campeonato. Você acha que é muito? Então, como explicar que o Cruzeiro ganhou duas Copas do Brasil e um vice-campeonato e dois Brasileiros?

E aqui voltamos à questão do “capricho”. Até que ponto o Cruzeiro extrapolou suas metas, a ponto de hoje estar a um passo de disputar a Série B pelo terceiro ano seguido? E por que, nos últimos três anos, o Corinthians, grande campeão da década 2011/20, alcançou no máximo um 8º lugar em 2019, ficando em 13º (2018) e 12º (2020), longe de qualquer disputa de título?

Nesses mesmos três últimos anos o Flamengo disputou o título com Palmeiras (perdeu em 2018), Santos e Internacional (venceu em 2019 e 2020, respectivamente). Terá sido exclusivamente por conta das verbas da TV?

Não mesmo, até porque o Rubro-Negro de novo está buscando o Brasileirão, agora contra o Atlético-MG. Que aliás está com ele, e com o Fortaleza, na caça ao título da Copa do Brasil – o Athletico-PR é o outro semifinalista.

Vocês lembram que um dia, num passado distante, houve o Clube dos 13? Pois bem, se as Séries A e B acabassem hoje, Grêmio, Vasco e Cruzeiro estariam na Segundona de 2022; Fortaleza, Bragantino e Cuiabá disputariam a Copa Libertadores. Não é culpa das cotas da TV.

Sergio du Bocage é apresentador do programa No Mundo da Bola, da TV Brasil

Categorias
Esportes

Atlético-MG e Fortaleza duelam por vaga na final da Copa do Brasil

Na terceira colocação do Campeonato Brasileiro, o Fortaleza quer mais. Além da ótima campanha na Série A, o Leão do Pici busca o título inédito da Copa do Brasil. Para isso, vai ter que passar pelo badalado Atlético-MG. Pode parecer difícil, mas o time comandado pelo técnico Juan Pablo Vojvoda já mostrou que tem plenas condições de vencer o confronto.

No último embate pelo Brasileirão, em setembro, o Fortaleza perdeu em casa por 2 a 0 para o Galo, mas no primeiro turno foi o Leão do Pici que levou a melhor, com vitória de virada por 2 a 1, em Belo Horizonte. Para o duelo desta quarta-feira (20), às 21h30m (horário de Brasília), no Mineirão, o treinador argentino não poderá contar com Marcelo Benevenuto e Lucas Lima, que já defenderam outras equipes nesta edição da Copa do Brasil. David recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso. Diante de um adversário forte, o volante Ronald quer ver o time com a postura das últimas vitórias.

“Nós somos um time muito aguerrido, com muita intensidade e devemos mostrar isso para conseguir vencer o Atlético. Sabemos que é uma equipe muito forte, que não pode dar espaço pois tem jogadores muito qualificados e precisamos ter bastante atenção. Estamos trabalhando muito forte desde janeiro até agora e chegamos aqui com muito mérito e tenho certeza de que, se entrarmos da mesma forma, conseguiremos um resultado positivo”, afirmou Vojvoda durante coletiva.

O Galo perdeu a invencibilidade de 18 jogos ao ser derrotado pelo Atlético-GO por 2 a 1 no último fim de semana. Motivo de preocupação para a torcida? Para o meia Nacho Fernández, não.

“Nós somos muito fortes em casa, e isso é muito importante, mas acredito que a equipe no geral tem um bom rendimento como visitante. Acabamos perdendo depois de muitas rodadas, mas sempre queremos ganhar e estamos fortes para tudo o que vier. Desde que cheguei aqui entramos com a mesma mentalidade em todos os campeonatos, de vencer. O grupo está forte e preparado para jogar da melhor maneira a partida de quarta-feira”, disse o jogador.

O técnico Cuca também tem problemas para escalar o Atlético-MG. Nathan Silva, que já atuou pelo Atlético-GO na Copa do Brasil, não pode jogar. Savarino, Diego Costa e Eduardo Vargas voltaram de lesões e treinaram durante a semana, mas não têm presença garantida.

Categorias
Esportes

Copa do Brasil: Athletico-PR encara Flamengo em 1º duelo da semifinal

Athlético-PR e Flamengo começam a decidir, na noite desta quarta-feira (20), em Curitiba, quem vai à final da Copa do Brasil. O Furacão não vai contar com os volantes Christian e Richard – suspensos por cartão – nem com o lateral-esquerdo Pedrinho e o atacante Guilherme Bissoli, por já terem defendido clubes na competição. A partida às 21h30 (horário de Brasília), na Arena da Baixada será transmitida ao vivo na Rádio Nacional, com narração de André Marques, comentários de Waldir Luiz e reportagem de Bruno Mendes.

Metade da capacidade da Arena da Baixada está liberada ao público, o equivalente a mais de 20 mil pessoas. O técnico Alberto Valentim fala do fator torcida neste duelo, que ficou na bronca após a derrota para o Fluminense por 1 a 0 no Campeonato Brasileiro.

“A expectativa da torcida é vir na Arena, ver uma vitória e ficar muito insatisfeita quando o resultado não vem, porque é uma equipe grande, finalista da Copa Sul-Americana, semifinalista da Copa do Brasil”, analisou Valentim durante coletiva.

No Flamengo, o atacante Pedro treinou normalmente e está relacionado para o confronto contra o Furacão. No entanto, David Luiz, Bruno Henrique e Arrascaeta seguem no departamento médico.

Depois do empate sem gols contra o Cuiabá no Maracanã, no último domingo (17), o técnico Renato Gaúcho já tem a fórmula para enfrentar uma nova retranca.

“É mais fácil destruir do que construir no futebol. No momento que você pega um adversário bem fechado, tem que jogar rápido, virar o jogo, trocar passes, buscar jogadas pela linha de fundo, de preferência, com jogadores que cabeceiem bem dentro da área”, explicou o treinador rubro-negro carioca.

Categorias
Esportes

Temporada da NBA abre com vitória do Milwaukee Bucks

A temporada do melhor basquete do mundo retornou à ação na noite desta terça-feira (19). E o capítulo inicial da NBA (liga de basquete profissional dos Estados Unidos) não poderia ter sido melhor, uma vitória de 127 a 104 dos atuais campeões Milwaukee Bucks sobre o Brooklyn Nets com grande atuação do grego Giannis Antetoukounmpo.

Antes de o confronto começar, os jogadores dos Bucks receberam os anéis de campeões da última temporada. E, com a bola em jogo, o que se viu foi uma grande atuação da equipe de Milwaukee, que a credencia como grande candidata ao título.

Como não poderia deixar de ser, Antetoukounmpo jogou muito bem, com números impressionantes (32 pontos, 14 rebotes e 7 assistências). Pelos Nets os destaques foram Kevin Durant (com 32 pontos e 11 rebotes) e James Harden (com 20 pontos, 8 rebotes e 8 assistências).

O Milwaukee Bucks volta a entrar em quadra na próxima quinta-feira (21), quando mede forças com o Miami Heat. Um dia depois os Nets pegam o Philadelphia 76ers.

Categorias
Esportes

Série B: Coritiba derrota Sampaio Corrêa e amplia liderança

O Coritiba derrotou o Sampaio Corrêa por 3 a 0, na noite desta terça-feira (19) no estádio Couto Pereira, e ampliou a vantagem na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o triunfo na 31ª rodada da competição, o Coxa alcançou os 57 pontos (cinco a mais do que o vice-líder Botafogo, que enfrenta o Brusque nesta quarta-feira). Já a Bolívia Querida estacionou nos 40 pontos com o revés, na 10ª posição.

O triunfo do Coritiba foi construído graças a gols, marcados no segundo tempo, de Léo Gamalho, Waguininho e João Vitor.

Na próxima rodada o Coxa visita o CRB na terça (26), enquanto, dois dias depois, o Sampaio Corrêa recebe o Guarani.