Categorias
Esportes

Botafogo busca recuperação no Brasileiro contra o Atlético-GO em casa

O Estádio Nilton Santos vai ser palco, neste sábado (13), de Botafogo x Atlético-GO, duelo da 22ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Com 25 pontos, o Glorioso está em 12º lugar na tabela, enquanto o Dragão, com 20,  amarga a vice-lanterna da competição. A partida, com início às 21h (horário de Brasília), será transmitida ao vivo na Rádio Nacional, com narração de André Marques, comentários de Mario Silva, reportagem Maurício Costa e plantão Bruno Mendes. 

O Botafogo vem de empate em 1 a 1 contra o Ceará dentro de casa e teve a semana inteira para os treinos do técnico Luis Castro, como conta o zagueiro argentino Victor Cuesta.

“Mesmo ganhando sempre tem coisa a corrigir e o único caminho para conseguir o resultado é continuar trabalhando, nunca faltou trabalho a este grupo”.

Cada vez mais reforços chegam ao Botafogo para esta reta final de temporada. As duas últimas contratações anunciadas foram o meia Gabriel Pires e o volante Danilo Barbosa, mas os dois ainda não estreiam nesta partida.

Ouça na Rádio Nacional

O Atlético Goianiense também busca reforços para o elenco do técnico Jorginho, que enfrenta, dia 01/09, o São Paulo pelas semifinais da Copa Sul-Americana e, na próxima quarta (17), o Corinthians pelas quartas-de-final da Copa do Brasil, após vencer o primeiro jogo em Goiânia por 2 a 0.

O duelo contra o Botafogo tem um sabor diferente para o meia-atacante Luiz Fernando que já defendeu a equipe carioca.

“Sim, tem um gosto especial. Vários amigos já me ligaram, brincando com a lei do ex. O Botafogo é uma grande equipe e vai ser um jogo difícil o nosso treinador vai armar um time para trazer um resultado positivo”.

No primeiro turno do Brasileirão, Atlético Goianiense e Botafogo empataram em 1 a 1.  

Categorias
Esportes

Vasco e Tombense medem forças pela Série B

Vasco e Tombense medem forças, a partir das 11h (horário de Brasília) no estádio de São Januário, pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Além de contar com um grande apoio de sua torcida, pois a expectativa é de que o estádio esteja lotado, os donos da casa contarão com a volta do camisa 10 Nenê e do volante Yuri Lara, que confia em uma vitória para o Cruzmaltino melhorar sua situação na tabela: “Realmente nós perdemos aquela gordura que tínhamos. Oscilar é normal dentro da competição, e agora é voltar a ter confiança, colocar a cabeça no lugar e ganhar gordura novamente”.

Seis pontos separam o Vasco da Tombense na tabela de classificação. A equipe carioca está em quarto lugar com 39 pontos, enquanto os mineiros somam 33 na sexta posição do campeonato após 23 rodadas.

“Bruno Pivetti [treinador] sabe montar um time. Vai ser um jogo duro, creio que eles venham fechados e precisaremos de paciência para furar esta barreira”, afirma o volante do Vasco.

No primeiro turno do Brasileirão da Série B, Vasco e Tombense empataram em um a um.

Ouça na Rádio Nacional
Categorias
Esportes

Bia Haddad chega à semifinal do WTA 1000 de Toronto

A brasileira Bia Haddad continua brilhando no WTA 1000 de Toronto (Canadá) e derrotou suíça Belinda Bencic, atual campeã da modalidade nos Jogos Olímpicos, por 2 sets a 1 (parciais de 2/6, 6/3 e 6/3), na noite desta sexta-feira (12), para se classificar para as semifinais da competição.

“Desde a rodada inicial enfrento momentos difíceis em todos os jogos. O primeiro set foi especialmente duro. Hoje, quando entrei em quadra, iniciei errando muito, mas falei para mim mesma para continuar lutando, pois o jogo muda muito rápido”, falou a paulista de 26 anos sobre o seu triunfo de virada.

O próximo desafio da brasileira será a vencedora do duelo entre a tcheca Karolína Plíšková e a chinesa Qinwen Zheng.

A atual temporada tem sido especial para a paulista de 26 anos, que na última segunda (8) alcançou a 24ª posição do ranking da Associação Internacional de Tênis Feminino (WTA, sigla em inglês). Neste ano Bia faturou os dois principais títulos da carreira (os WTA 250 de Nottingham e Birmingham, ambos na Inglaterra), além de ser campeã no WTA 125 de Saint Malo (França). Já nas duplas a brasileira começou o ano levando o título no WTA 500 de Sidney (Austrália), ao lado da cazaque Anna Danilina. Em junho, além do título de simples levantou o troféu de duplas no WTA 250 de Nottingham, desta vez em parceria com a chinesa Shuai Zhang.

Categorias
Esportes

Bahia vence Ituano e assume vice-liderança da Série B

O Bahia derrotou o Ituano por 2 a 0, na noite desta sexta-feira (12) na Fonte Nova, em Salvador, e assumiu a vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. Porém, o Tricolor ainda pode perder a posição no próximo sábado (13), quando o terceiro colocado Grêmio pega o CRB.

Após este triunfo, o Tricolor baiano alcançou os 43 pontos, nove a menos do que o líder Cruzeiro, que mede forças com a Chapecoense no próximo sábado (13). Já o Galo de Itu é o nono colocado com 30 pontos.

O grande nome da vitória do Bahia foi o atacante Matheus Davó, que entrou em campo apenas no segundo tempo, mas que marcou os dois gols da partida.

Outros resultados:

Vila Nova 0 x 0 Londrina
Brusque 2 x 1 Ponte Preta

Categorias
Esportes

Vinicius, Casemiro e Fabinho são indicados a prêmio Bola de Ouro 2022

Os brasileiros Vinicius Júnior e Casemiro, ambos do Real Madrid, e Fabinho (Liverpool) estão na lista dos 30 indicados ao prêmio Bola de Ouro 2022, organizado pela revista France Football. O atacante Neymar ficou de fora da relação publicada nesta sexta-feira (12), assim como o argentino Lionel Messi, que faturou o troféu ano passado e em outras seis edições. Esta é a primeira vez desde 2006 que Messi não é indicado ao prêmio.

Assim como nas edições de 2019 e 2021 – não ouve premiação em 2020 devido à pandemia de covid-19 – a relação da revista France Football traz novamente Benzema (Real Madrid), De Bruyne (Manchester City), Riyad Mahrez (Manchester City), Lewandowski (Barcelona), Mbappé (Paris Saint-Germain), Mané (Liverpool) e Cristiano Ronaldo (Manchester United).

Atacante da seleção portuguesa, CR7 já conquistou cinco veze o troféu Bola de Ouro; esta é sua 18ª indicação ao prêmio. Portugal tem ainda três outros jogadores na lista: João Cancelo e Bernardo Silva, ambos do Manchester City, e o atacante Rafael Leão, do Milan.  

O Liverpool (Inglaterra) lidera o número de indicações, com seis nomes. Além do brasileiro Fabinho e do senegalês Sadio Mané (atuamente no Bayer de Munique), estão na relação Trent Alexander-Arnold, Virgil van Dijk, Darwin Núñez e Luis Diaz.

Lista de indicados ao Bola de Ouro

Antonio Rüdiger (ALE, Real Madrid, zagueiro)

Bernardo Silva (POR, Manchester City, meia)

Casemiro (BRA, Real Madrid, volante)

Christopher Nkunku (FRA, RB Leipzig, meia)

Cristiano Ronaldo (POR, Manchester United, atacante)

Darwin Núñez (URU, Liverpool, atacante)

Dusan Vlahovic (SER, Juventus, atacante)

Erling Haaland (NOR, Manchester City, atacante)

Fabinho (BRA, Liverpool, volante)

Harry Kane (ING, Tottenham, atacante)

Heung-Min Son (COR, Tottenham, atacante)

João Cancelo (POR, Manchester City, lateral-direito)

Joshua Kimmich (ALE, Bayern de Munique, volante)

Karim Benzema (FRA, Real Madrid, atacante)

Kevin de Bruyne (BEL, Manchester City, meia)

Kylian Mbappé (FRA, PSG, atacante)

Luis Díaz (COL, Liverpool, atacante)

Luka Modric (CRO, Real Madrid, meia)

Mike Maignan (FRA, Milan, goleiro)

Mohamed Salah (EGI, Liverpool, atacante)

Phil Foden (ING, Manchester City, atacante)

Rafael Leão (POR, Milan, atacante)

Riyad Mahrez (ARG, Manchester City, meia)

Robert Lewandowski (POL, Barcelona, atacante)

Sadio Mané (SEN, Bayern de Munique, atacante)

Sébastien Haller (COS, Borussia Dortmund, atacante)

Thibaut Courtois (BEL, Real Madrid, goleiro)

Trent Alexander-Arnold (ING, Liverpool, lateral-direito)Vinicius Junior (BRA, Real Madrid, atacante)

Virgil van Dijk (HOL, Liverpool, zagueiro)

Categorias
Esportes

Brasil fatura 2º ouro com Isaquias e mais 2 bronzes no Pan de Canoagem

Campeão mundial no último fim de semana no C1 500 metros, o canoísta baiano Isaquias Queiroz faturou novamente o ouro nesta sexta-feira (12), na mesma prova, no Pan-Americano de Canoagem, em Halifax (Canada). O Brasil assegurou ainda dois bronzes, com os paranaense Vagner Souta no K1 500m e Ana Paula Vergutz no K1 1000.

“Foi tudo dentro do planejado, o mais importante é competir e desfrutar do campeonato, aproveitar. Sai mais devagar, no fim coloquei do lado do canadense. Não era necessária chegar com muita força, o importante era ganhar a vaga nos Jogos Pan-Americanos, e eu já tinha conquistado com o C1 1000m. Mais uma medalhinha para mim, quatro em duas semanas”, disse Isaquias logo após a prova.

Um dia após vencer no C1 1000 no Pan, hoje o baiano dominou a prova do C1 500m, Isaquias cruzando em primeiro lugar a linha de chegada em 1min49s60, tempo quatro segundos menor do que o obtido por ele no Mundial. A prata ficou com o canadense Connor Fitzpatrick (1min50s2) e o bronze com o colombiano Alejandro Rodriguez (1min51s2).  

Na disputa do K1 500m, Vagner Souta terminou na terceira posição, com o bronze, ao terminar a prova em 1min40s5, atrás do uruguaio Matias Otero (1min38s3) segundo colocado, e do canadense Simon Mctavish (1min37.7) que levou a medalha de ouro.

Na disputa feminina do k1 1000, Paula Vergutz garantiu o bronze cm o tempo 4min06s7. O ouro ficou com a argentina Brenda Rojas (3min58s5) e a prata com a canadense Michelle Russel (3min59s6).

O Brasil encerrou a competição nesta sexta (12) com três ouros – um deles da dupla Erlon Souza e Filipe Vieira no C2 500m, na quarta (10) – e dois bronzes. O Pan-Americano garantiu a classificação dos brasileiros para os Jogos Pan-americanos Santiago no ano que vem. 

Categorias
Esportes

Definidas datas e horários da semis da Libertadores e Sul-Americana

A Conmebol definiu nesta sexta feira (12) as datas e horários das semifinais das Copas Libertadores e Sul-Americana. Os primeiros a entrarem em campo serão Athletico-PR e Palmeiras, em 30 de agosto, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela Libertadores. No dia seguinte, o Vélez (Argentina) recebe o Flamengo no Estádio José Amalfitani, na capital Buenos Aireis.

As semifinais da Sul-Americana começam em Quito (Equador), em 31 de agosto, com o Independiente del Valle encarando o Megar (Peru) às 19h15 (horário de Brasília).  A outra semi, 100% brasileira, será no Estádio Serra Dourada, em Goiânia: o Atlético-GO enfrentará o São Paulo, às 21h30, no jogo de ida. 

Os jogos decisivos da volta, que definem que vai à final da Sul-Americana, começam em 7 de setembro, às 19h15, com o Megar (Peru) recebendo o Independiente del Valle, na cidade de Arequipa. No dia seguinte, às 21h30, o São Paulo recebe o Atlético-GO no Morumbi.

Categorias
Esportes

Libertadores: Vitor Roque decide e Athletico-PR está na semifinal

Contado com o brilho do jovem atacante Vitor Roque, de apenas 17 anos, o Athletico-PR derrotou o Estudiantes (Argentina) por 1 a 0, na noite desta quinta-feira (11) no estádio Jorge Luis Hirschi, em La Plata (Argentina), e se classificou para as semifinais da Copa Libertadores, onde medirá forças com o Palmeiras.

A partida começou com os argentinos mantendo mais a posse de bola, e criando as melhores oportunidades nos 45 minutos iniciais.  Logo aos 6 minutos Manuel Castro criou a primeira chance do Estudiantes, com finalização que foi para fora. Mas a oportunidade mais cristalina surgiu aos 43, quando Morel escorou para defesa do goleiro Bento. Já o Furacão só criou alguma coisa aos 16 minutos, em cobrança de falta de Khellven que foi defendida por Andújar.

Após o intervalo a equipe comandada pelo técnico Luiz Felipe Scolari melhorou e começou a criar mais. Porém, a equipe de La Plata foi mais eficiente e chegou a superar o goleiro Bento aos 17 minutos, em finalização de Lollo. Porém, o gol acabou sendo anulado pelo juiz, com auxílio do VAR (árbitro de vídeo), ao assinalar irregularidade no lance.

Com o passar do tempo, Felipão mudou sua equipe de forma a tornar mais ofensiva, colocando em campo mais jogadores de ataque, entre eles o uruguaio Terans, que foi decisivo.

Já aos 50 minutos o camisa 20 do Furacão fez grande jogada pela esquerda e tocou para Vitinho na área, que levantou a bola para o garoto Vitor Roque ganhar de cabeça do goleiro Andújar para marcar o gol da classificação para a semifinal. Com este resultado o Brasil garante ao menos um representante na decisão da competição.

Após o compromisso pela Libertadores, o Athletico-PR encontra o Flamengo no Campeonato Brasileiro, a partir das 16h (horário de Brasília) do próximo domingo (14) no estádio do Maracanã.

Categorias
Esportes

NBA vai aposentar camisa nº 6 para homenagear Bill Russell

A NBA e Associação de Jogadores da NBA (NBPA) anunciaram nesta quinta-feira (11) que a liga de basquete norte-americana vai aposentar a camisa nº 6 em todas as equipes da liga como uma forma de homenagear a vida e o legado de Bill Russell, jogador que foi 11 vezes campeão da NBA e pioneiro na luta pelos direitos civis dos negros nos Estados Unidos. Russell morreu no dia 31 de julho aos 88 anos. 

Esta é a primeira vez que a liga aposenta a camisa de um atleta. Até agora, apenas os times aposentavam as camisas dos grandes nomes de suas franquias. Russell tem sua camisa aposentada pelo Boston Celtics.

“O sucesso sem paralelo de Bill Russell na quadra e seu pioneirismo no ativismo dos direitos civis merece ser honrada de uma forma única e histórica”, disse o comissário da NBA, Adam Silver. “Aposentar permanentemente seu número 6 em toda time da NBA representa que a carreira transcendente de Bill sempre será reconhecida”.

A presidente da NPBA, Tamila Tremaglio, disse que se trata de uma honra reservada a um dos maiores campeões que já jogaram na NBA. “As ações de Bill dentro e fora de quadra através do curso de sua vida ajudaram a moldar gerações de jogadores para o melhor e, por isso, nós somos eternamente gratos. Mas nós estamos orgulhosos de continuar a celebração de sua vida e seu legado na liga”.

As camisas com o número 6 só poderão ser utilizadas pelos atletas que já jogam com este número. Nenhum outro jogador de qualquer equipe poderá escolher este número. Na temporada 2022/2023, 13 jogadores estão listados com a camisa 6: LeBron James, Alex Caruso, David Durke, Jalen McDaniels, Hamidou Diallo, Kenyon Martin Jr, Luca Vildoza, Jordan McLaughlin, Quentin Grimes, Jaylin Williams, Keon Johnson, Nickeil Alexander-Walker e Kristaps Porzingis. 

Bill Russell

Bill Russell é considerado um dos melhores jogadores de todos os tempos. O pivô foi campeão olímpico em 1956, jogou 13 temporadas pelo Boston Celtics, entre 1956 e 1969, e venceu 11 títulos, sendo oito deles consecutivos (1956-1966). Ele também foi o primeiro técnico negro da NBA  e das grandes ligas norte-americanas, assumindo o Celtics em 1966, e, em 1968 e 1969, conquistou títulos como técnico e jogador. Ele também treinou o Seattle Supersonics e o Sacramento Kings.

Russell conquistou cinco prêmios de Jogador Mais Valioso (MVP), foi 12 vezes All Star e 11 vezes nomeado para o time ideal da NBA. Por quatro vezes, Russell conquistou o prêmio de melhor reboteiro e terminou como segundo melhor da liga em rebotes (21.620) e rebotes por jogo (22,5) na temporada regular. Sua média de pontos era de 15,1, mas sua principal característica era a defesa e a liderança dentro de quadra. Algumas estatísticas atuais, como bloqueios, não eram computados quando Russell começou sua carreira.

Em 2009, o prêmio de Jogador Mais Valioso das Finais da NBA recebeu o nome de Bill Russell.

O impacto de Russell também foi sentido fora de quadra na luta pelos valores de igualdade, respeito e inclusão. Ele sofreu com racismo vindo de torcedores do seu próprio time, o Boston Celtics, que chegaram a invadir e vandalizar sua casa.

O pivô marchou pelos direitos civis ao lado do Reverendo Martin Luther King Jr e foi firme em sua crença de que todas as pessoas devem ser tratadas com dignidade. Em 2010, ele recebeu a Medalha Presidencial da Liberdade, maior honra que pode ser concedida a um civil nos Estados Unidos.

A morte de Bill Russell foi lamentada por, entre outros, atletas como Michael Jordan, Lebron James, Magic Johnson e Kareen Abdul-Jabbar, por dois ex-presidentes dos Estados Unidos: Bill Clinton e Barack Obama e pelo presidente Joe Biden.

Categorias
Esportes

Inter perde nas penalidades máximas e se despede da Sul-Americana

Após empatar novamente sem gols com o Melgar (Peru), desta vez em pleno Beira Rio, o Internacional foi derrotado por 3 a 1 de forma melancólica na disputa de pênaltis e acabou eliminado da Copa Sul-Americana na noite desta quinta-feira (11).

Animado pela possibilidade de decidir em casa a vaga para as semifinais da competição, após empatar na ida em 0 a 0, o Colorado não jogou bem e perdeu oportunidades claras de marcar no primeiro tempo, a principal delas com Braian Romero com menos de 1 minuto de bola rolando.

A situação da equipe comandada pelo técnico Mano Menezes ficou ainda mais complicada aos 28 minutos da etapa final, quando Gabriel foi expulso após entrada dura em Arias. Mesmo com um a menos, o Inter continuou buscando a vitória, mas o Melgar segurou a igualdade e levou para a disputa de pênaltis.

Nas penalidades máximas o goleiro Cáceda foi decisivo, defendendo as cobranças de Edenílson, Taison e Carlos de Pena. O gol de honra do Internacional saiu dos pés de Pedro Henrique. Pelo Melgar, Galeano viu Daniel defender sua cobrança, mas Cabrera, Cuesta e Iberico não falharam para eliminar o Colorado de forma melancólica. Agora a equipe peruana pega o Independiente Del Valle (Equador) nas semifinais.