Categorias
Esportes

Representantes do Brasil em Tóquio no street masculino são definidos

A seleção brasileira de skate que estará nos Jogos de Tóquio foi completamente definida neste sábado (5), quando Kelvin Hoefler, Felipe Gustavo e Giovanni Vianna garantiram vaga no street masculino no decorrer da disputa das semifinais do mundial da modalidade em Roma (Itália).

Kelvin Hoefler teve o melhor desempenho, ficando com a 3ª melhor pontuação das semifinais, e se classificando para a grande decisão do mundial, com os outros 7 melhores atletas do dia, que acontece no próximo domingo (6) a partir das 9h45 (horário de Brasília).

Felipe Gustavo, que ficou na 18ª posição, e Giovanni Vianna, na 19ª, não chegaram à final, mas garantiram matematicamente a vaga para a Olimpíada.

“É bem gratificante porque é a primeira vez que estaremos lá. Será uma experiência muito nova para mim e para todos. Não vejo a hora de chegar lá e representar o Brasil. A minha alegria é imensa. Levarei essa experiência para o resto da minha vida”, declarou Kelvin Hoefler à Confederação Brasileira de Skate (CBSk).

Categorias
Esportes

Flamengo e Botafogo empatam pelo Brasileiro Feminino

Jogando na Gávea, Flamengo e Botafogo empataram por 1 a 1 na abertura da 13ª rodada do Brasileiro Feminino. Kélen abriu o placar para as visitantes e Darlene igualou para o Rubro-Negro. Com o empate, a equipe da casa foi a 15 pontos, mantendo-se na nona posição. Já o Glorioso alcançou os 10 pontos, superando o Cruzeiro e subindo provisoriamente para o 11º lugar.

Os dois gols da partida foram marcados no primeiro tempo. Logo aos dois minutos, Kélen recebeu de Driely e chutou cruzado para fazer 1 a 0 para o Botafogo. O empate do time da Gávea veio aos 36, em pênalti cobrado por Darlene.

Tanto Flamengo quanto Botafogo retornam a campo em duas semanas, no dia 19. O Rubro-Negro recebe o Avaí/Kindermann, enquanto o Alvinegro duela com o Santos.

A 13ª rodada, que se encerra na segunda, seguirá com seis jogos neste domingo (6), com destaque para o clássico entre Palmeiras e São Paulo, a partir das 14h (horário de Brasília).

Categorias
Esportes

Gama estreia na Série D com vitória sobre Jaraguá

Na abertura do Grupo 5 da Série D do Campeonato Brasileiro, em partida transmitida nacionalmente pela TV Brasil, o Gama foi até o estádio Amintas de Freitas, em Jaraguá (Goiás), e derrotou a equipe da casa por 3 a 1. Elias, com dois gols, foi o destaque do confronto. Vitinho marcou o outro gol do Gama e Caio descontou para o Jaraguá.

O primeiro tempo foi movimentado e repleto de falhas das duas defesas. O Gama se aproveitou delas para abrir 2 a 0, com Vitinho, em saída do gol equivocada do goleiro Fabrício, e Elias, após a zaga adversária não conseguir afastar cruzamento da direita. Também em uma falha, desta vez da zaga do Gama, Caio completou cruzamento rasteiro da esquerda para diminuir para o Jaraguá no final da primeira etapa.

No segundo tempo, saiu apenas mais um gol, mas sem falhas das defesas. Elias recebeu na entrada na área e finalizou com categoria no ângulo direito para marcar um belo gol e ampliar a vantagem dos visitantes para 3 a 1. O time do Distrito Federal conseguiu segurar o placar para estrear com o pé direito na Série D.

Outros resultados de partidas da Série D:

Grupo 2
Guarany de Sobral 1 x 0 Paragominas
Juventude-MA 0 x 0 4 de Julho

Grupo 3
América-RN 1 x 0 Central
Sousa 2 x 1 Atlético-CE

Grupo 4
Bahia de Feira de Santana 1 x 1 Sergipe

Grupo 5
Brasiliense 1 x 1 Goianésia

Grupo 7
Bangu 1 x 2 Santo André

Grupo 8
Cascavel 3 x 3 Joinville

Categorias
Esportes

Jogos de Tóquio: seleção olímpica perde de 2 a 1 para Cabo Verde

Jogando em Belgrado (Sérvia) a seleção brasileira sub-23, que representará o país nos Jogos de Tóquio, foi derrotada em amistoso contra a equipe adulta de Cabo Verde. O país africano, 73º no ranking da Fifa, venceu de virada por 2 a 1. Este foi o penúltimo amistoso do Brasil antes da convocação para a Olimpíada. Para o Brasil, a disputa começa no dia 22 de julho (um dia antes da abertura oficial) na estreia contra a Alemanha. A equipe ainda enfrenta a seleção olímpica da Sérvia, na próxima segunda (7), a partir das 14h (horário de Brasília).

Contando com alguns nomes de destaque no futebol brasileiro como Gerson, recém-negociado pelo Flamengo com o Olympique de Marselha (França), e Claudinho, eleito o craque do Brasileirão de 2020 atuando pelo Bragantino, a seleção olímpica teve volume de jogo diante dos adversários e abriu o placar aos 38 minutos, com Pedro, atacante do Flamengo, cobrando pênalti.

No entanto, o empate veio logo depois. Após jogada pela esquerda, Lisandro Semedo completou cruzamento rasteiro para vencer o goleiro Cleiton aos 44.

Na segunda etapa, o Brasil seguiu criando mais chances. Foram 18 finalizações da seleção contra apenas três de Cabo Verde. Destas três, duas foram na direção do gol e ambas entraram. A segunda veio aos 38 da segunda etapa. A seleção brasileira tentou sair jogando dentro da própria área. Willy Semedo roubou a bola e chutou forte para marcar o gol da vitória por 2 a 1.

Categorias
Esportes

Natação: equipes de revezamento garantem vagas em Tóquio

O Brasil garantiu a classificação de mais duas equipes de natação para os Jogos de Tóquio. Neste sábado (5) a Federação Internacional de Natação (Fina) anunciou que as equipes brasileiras do revezamento 4×100 metros livre feminino e do 4×100 metros medley misto estarão na próxima Olimpíada.

Etiene Medeiros, Stephanie Balduccini, Ana Vieira e Larissa Oliveira formam a equipe do 4×100 metros livre feminino. Já o time do 4×100 metros medley misto conta com Guilherme Basseto, Felipe Lima, Giovanna Diamante e Larissa Oliveira.

Com a confirmação destas duas equipes de revezamento em Tóquio, a delegação brasileira de natação já conta na próxima edição dos Jogos Olímpicos com 23 componentes.

Categorias
Esportes

Série B: Botafogo e Coritiba se enfrentam no Nilton Santos

Botafogo e Coritiba medem forças, neste sábado (5) a partir das 21h (horário de Brasília) no estádio Nilton Santos, pela segunda rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Após empatar em 1 a 1 com o Vila Nova fora de casa, o time carioca busca a primeira vitória na competição. Enquanto isso, o Coxa quer se manter na parte de cima da tabela após vitória por 2 a 0 sobre o Avaí.

Depois da eliminação na segunda fase da Copa do Brasil (após ser derrotado pelo ABC na disputa de pênaltis) e da derrota para o Vasco na final da Taça Rio, o técnico Marcelo Chamusca precisa dos três pontos para amenizar a pressão.

Durante a semana, o Alvinegro confirmou a contratação do centroavante Rafael Moura. Mas o atacante ainda precisa de um tempo para recuperar a parte física, além de não ter a documentação regularizada. Porém, o time pode ter duas novidades, os recém-contratados Daniel Borges e Luís Oyama, que treinaram como titulares. Assim, Marcelo Chamusca deve mandar a campo a seguinte escalação: Douglas Borges; Daniel Borges, Kanu, Gilvan e PV; Luís Oyama, Ricardinho e Pedro Castro; Ronald, Rafael Navarro e Marco Antônio.

Do lado dos paranaenses, o volante Jhony Douglas é ausência confirmada após testar positivo para o novo coronavírus (covid-19). O atacante Igor Paixão, que também testou positivo, ainda cumpre os últimos dias de isolamento e não viajou com o grupo para o Rio de Janeiro.

Dessa forma, o técnico paraguaio Gustavo Morínigo deve mandar a campo a seguinte escalação: Wilson; Igor, Nathan Ribeiro, Luciano Castán e Natanael; Willian Farias, Val e Matheus Sales; Rafinha, Waguininho e Léo Gamalho.

Transmissão da Rádio Nacional

A Rádio Nacional transmite Coritiba e Botafogo, ao vivo, com a narração de André Luiz Mendes, comentários de Mario Silva e plantão de Bruno Mendes. Você acompanha o Show de Bola Nacional aqui:

Categorias
Esportes

Série D: reformulados, Jaraguá e Gama duelam após frustração estadual

A Série D do Campeonato Brasileiro começa neste sábado (5) para Jaraguá-GO e Gama-DF, que se enfrentam no estádio Amintas de Freitas, em Jaraguá (GO), a partir das 15h30 (horário de Brasília), pelo Grupo 5. A TV Brasil transmite a partida ao vivo.

As duas equipes foram sensivelmente reformuladas após os respectivos torneios estaduais. Semifinalista do Campeonato Goiano em 2020, o Jaraguá não repetiu o bom desempenho nesta temporada e foi rebaixado à divisão de acesso. A princípio, o Gavião da Serra não disputaria a Série D, alegando problemas financeiros, mas voltou atrás após a mudança na diretoria, no fim de maio. O acesso é a única forma de a equipe garantir um calendário nacional em 2022.

“Quando assumimos, corremos atrás. O clube tinha perdido o tempo [limite] para desistência da Série D. Quando você entra na tabela, não tem mais jeito. Em caso de desistência, a penalidade é grande, inclusive podendo ficar dois anos sem jogar campeonato oficial. Montamos uma equipe competitiva”, declarou o novo presidente do Jaraguá, Breno Leite, à Agência Brasil.

O clube firmou parceria com a Associação Esportiva Evangélica (Assev) e terá como base uma equipe sub-20, reforçada, inicialmente, com cinco jogadores mais experientes. Entre eles, o meia Irlan, que fez parte do time que conquistou o acesso na terceira divisão goiana em 2017. Os últimos atletas anunciados foram o lateral Thiago Pina e o meia Renato. Segundo o técnico Coutinho, mais uma cara nova para a Série D, o zagueiro Café e o meia Felipe Tavares são remanescentes do grupo que disputou o Estadual.

Apesar de ter feito a segunda melhor campanha da fase de grupos da última Série D, o Gama sofreu com uma crise financeira e perdeu os principais atletas antes do mata-mata, onde caiu para o Goianésia-GO no primeiro confronto. O Papagaio tenta retornar à terceira divisão pela primeira vez desde 2010, quando foi rebaixado ao lado de Alecrim-RN, Juventude (hoje na Série A) e São Raimundo-PA.

Como ficou em terceiro no Candangão, com duas derrotas pesadas para o Brasiliense no quadrangular semifinal (3 a 0 em casa e 4 a 0 fora) e perdendo a chance do tricampeonato, o Gama precisa conquistar o acesso à Série C para garantir um calendário nacional no próximo ano. Caso fique pelo caminho, o Verdão terá de torcer pelo sucesso do Jacaré para herdar a vaga do rival na próxima quarta divisão (a outra é do Ceilândia, vice-campeão distrital em 2021).

Para depender só de si, o clube foi ao mercado e trouxe 14 reforços, além do técnico Ricardo Colbachini. O lateral Romarinho e o atacante Robertinho são as mais recentes adesões ao elenco, que também ganhou corpo com o goleiro Douglas Silva, os zagueiros Wendel e Elenilson, os laterais Gabiga e Gabriel Arantes, os volantes Rafael Carrilho, Elizeu e Germano, o meia Elias e os atacantes Vitor Xavier, Vitinho e Hugo Almeida. Os reforços estão regularizados e à disposição para a estreia.

Outras três partidas abrem o Grupo 5 neste fim de semana. Também no sábado, o Brasiliense-DF recebe o Goianésia no estádio Ciro Machado do Espírito Santo, o Defelê, em Brasília. O clube decidiu poupar a Boca do Jacaré para o jogo decisivo contra o Grêmio, na quinta-feira (10), às 15h30, pela terceira fase da Copa do Brasil.

No domingo (6), o União Rondonópolis-MT pega o Porto Velho-RO às 16h, no estádio Engenheiro Luthero Lopes, em Rondonópolis (MT). No mesmo horário, a Aparecidense-GO mede forças contra o Nova Mutum-MT no estádio Aníbal Toledo, em Aparecida do Norte (GO).

Categorias
Esportes

Seleção olímpica pega Cabo Verde em penúltimo amistoso antes de Tóquio

Atual campeã, a seleção brasileira olímpica encara neste sábado (5) a equipe principal de Cabo Verde, no penúltimo amistoso antes da Olimpíada de Tóquio (Japão). A partida terá início às 14h (horário de Brasília), no estádio Partizan, em Belgrado (Sérvia). 

Comandado pelo técnico André Jardine, o time deve começar jogando com Cleiton, Gabriel Menino, Nino, Gabriel Magalhães e Arana; Bruno Guimarães, Gerson e Claudinho; Antony, Pedro e Rodrygo. 

Na próxima terça-feira (8), os brasileiros voltam a campo contra a seleção sub-24 da Sérvia, às 14h, também na capital Belgrado. 

O Brasil busca o bicampeonato em Tóquio 2020. Na última edição (Rio 2016), o país faturou a medalha de ouro. Na ocasião, a seleção comandada por Rogério Micale empatou em 1 a 1 nos 90 minutos da final contra a Alemanha no Maracanã. O campeão saiu após a cobrança de pênaltis, e o Brasil levuo a melhor por 5 a 4.

Categorias
Esportes

Marquinhos e Raulzinho pedem dispensa do pré-olímpico de basquete

A seleção masculina de basquete que disputará o pré-olímpico de Split (Croácia) sofreu mais duas baixas nesta sexta-feira (4). O ala Marquinhos, do Flamengo, e o armador Raulzinho, do Washington Wizards, da NBA (liga de basquete norte-americana), pediram dispensa ao técnico Aleksandar Petrovic, que os tinha incluído na convocação para treinos que antecedem o torneio que dá vaga aos Jogos de Tóquio (Japão) e será realizado entre 29 de junho e 4 de julho.

Raulzinho se manifestou por meio da assessoria de imprensa. Segundo a nota oficial, a liberação do armador foi solicitada “por motivos pessoais”. Marquinhos, por sua vez, anunciou a aposentadoria da seleção brasileira em publicação no Instagram.

Antes da convocação para os treinos, os alas Didi Louzada e Gui Santos pediram dispensa após a divulgação da pré-lista de 25 atletas. O primeiro, recém-contratado pelo New Orleans Pelicans, argumentou, via assessoria de imprensa, que teria de cumprir um planejamento de treinos com a franquia da NBA. O segundo, também por nota, explicou que o período de treinos visando o draft da liga norte-americana (evento no qual as equipes recrutam atletas de universidades e outros países) ocorreria na mesma ocasião do pré-olímpico.

A competição na Croácia será a única chance de classificação olímpica. A estreia, no próximo dia 29, é contra a Tunísia. No dia 30, a seleção anfitriã será a adversária. Os comandados de Petrovic têm de ficar, pelo menos, na segunda posição do grupo para avançarem às semifinais, onde terão pela frente Rússia, Alemanha ou México. Somente o campeão do torneio vai a Tóquio. Sem Marquinhos e Raulzinho, a delegação em Split será a seguinte:

Armadores: Georginho (São Paulo), Marcelinho Huertas (Tenerife, da Espanha), Rafa Luz (Nevezis-Optibet, da Lituânia) e Yago (Flamengo).

Alas-armadores: Caio Pacheco (Murcia, da Espanha) e Vitor Benite (Burgos, da Espanha).

Alas: Alex Garcia (Bauru) e Léo Meindl (Fuenlabrada, da Espanha).

Alas-pivôs: Bruno Caboclo (Limoges, da França), Lucas Dias (Sesi Franca) e Léo Demétrio (Flamengo).

Pivôs: Anderson Varejão (Cleveland Cavaliers, da NBA) Cristiano Felício (Chicago Bulls, da NBA), Lucas Mariano (São Paulo) e Rafael Hettsheimeir (Flamengo).

Categorias
Esportes

Brasil vence marcação do Equador e dispara na ponta das Eliminatórias

O Brasil disparou na liderança das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, no Catar. Nesta sexta-feira (4), a seleção canarinho derrubou a forte marcação do Equador e venceu por 2 a 0 no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela sétima rodada. Vale lembrar que os jogos da quinta e da sexta rodadas foram adiadas pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Os brasileiros mantiveram os 100% de aproveitamento, com 15 pontos em cinco partidas. São quatro pontos de vantagem para a Argentina, segunda colocada nas Eliminatórias, e oito a frente da Colômbia, que está em sexto e é a primeira seleção fora da zona de classificação. Os quatro primeiros colocados se garantem no Catar e o quinto disputa uma repescagem.

A seleção de Tite entrou bastante modificada na comparação com o time que derrotou o Uruguai na casa do rival, em Montevidéu, há quase sete meses. Apesar de o entrosamento não ser o ideal, o Brasil teve a iniciativa dos primeiros 45 minutos e pressionou atrás do gol. Sem êxito, é verdade, mas graças à forte marcação equatoriana.

Chances claras, foram duas. Aos 19 minutos, Neymar cobrou falta na ponta esquerda, o também atacante Richarlison desviou e quase surpreendeu o goleiro Alexander Domínguez, que defendeu em dois tempos. Aos 42, o lateral Danilo cruzou rasteiro pela direita e o atacante Gabriel Barbosa completou mandou para as redes. Gabigol, porém, estava impedimento e o lance foi anulado.

No retorno do intervalo, o Brasil tentou apostar nos lançamentos às costas da marcação, apostando na velocidade dos jogadores de frente. Passado o primeiro terço da etapa final, Tite deixou a equipe mais agressiva com a entrada do atacante Gabriel Jesus no lugar do volante Fred, pendurado com o cartão amarelo. Com mais homens no campo ofensivo, a rede enfim balançou. O meia Lucas Paquetá retomou a bola na intermediária e Neymar abriu na esquerda para o atacante Richarlison abrir o placar.

O gol abriu a equipe equatoriana e o Brasil teve várias oportunidades em sequência. Aos 25 minutos, Gabriel Jesus cortou a marcação pela esquerda e chutou forte, dentro da área, para defesa de Domínguez. Aos 26, Gabriel Barbosa recebeu pela direita, frente a frente com o goleiro, que defendeu com os pés, no reflexo. No lance seguinte, Richarlison foi lançado por Neymar na direita, tirou o arqueiro e cruzou para Gabigol, sem goleiro, cabecear à direita, rente à trave, para desespero do atleta do Flamengo.

A pressão brasileira não arrefeceu. Aos 39 minutos, com auxílio do árbitro de vídeo (VAR), o árbitro venezuelano Alexis Herrera marcou pênalti em cima de Gabriel Jesus, em meio a um bate-rebate na área. Após sete minutos de paralisação, Neymar cobrou mal a penalidade e Domínguez defendeu, mas Herrera entendeu que o goleiro se adiantou e mandou voltar a batida. Na segunda tentativa, com o cronômetro já marcando 48 minutos, o camisa 10 mandou para as redes e deu números finais à partida.

O Brasil volta a campo pelas Eliminatórias na próxima terça-feira (8), às 21h30 (horário de Brasília), contra o Paraguai, fora de casa, no Defensores del Chaco, em Assunção.