Categorias
Esportes

Tiro com arco: brasileiros avançam na etapa da Copa do Mundo, em Paris

O Brasil estreou com pé direito nesta terça-feira (22), primeiro dia da etapa de Paris (França) da Copa do Mundo de Tiro com Arco. Marcus D´Almeida e Bernardo Oliveira, ambos já garantidos em Tóquio 2020, venceram os duelos da fase eliminatória do arco recurvo e amanhã (23) disputam entre si uma vaga na terceira fase da competição, a partir das 10h45 (horário de Brasília). Mais cedo, às 9h45, a carioca Ane Marcelle Santos encara a australiana Laura Paeglis, pela fase eliminatória. 

O arqueiro Marcus D”Almeida obteve o melhor resultado entre os brasileiros na classificatória – 25º lugar, com 633 pontos – avançando à fase seguinte, eliminatória, quando derrotou por 7 a 3 o porto-riquenho Adrian Muñoz, 

Marcus D'Almeida e Bernardo de Sousa Oliveira (Brasil), na semifinal do individual do arco recurvo no tiro com arco dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019. Local: Villa Maria del Triunfo, em Lima (Peru). Data: 11.08.2019.
Marcus D'Almeida e Bernardo de Sousa Oliveira (Brasil), na semifinal do individual do arco recurvo no tiro com arco dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019. Local: Villa Maria del Triunfo, em Lima (Peru). Data: 11.08.2019.

Marcus D’Almeida e Bernardo Oliveira (ao fundo) fazem duelo brasileiro nesta quarta-feira (23) por vaga na terceira fase da Copa do Mundo, etapa Paris (França) – Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br/Direitos reservados

Já o brasiliense Bernardo Oliviera alcançou a 73ª colocação (645 pontos) na fase classificatória e e na eliminatória derrotou  Ruman Chana, de Bangladesh, por 6 a 2.

Também já classificada à Olimpíada no recurvo feminino, a carioca Ane Marcelle Santos conseguiu a 34ª posição (640 pontos) ao final da fase classificatória. Já a australiana Paeglis, rival nesta quarta (23), ficou em 79º lugar (611 pontos). 

Ana Marcelle - tiro com arco - classificada para Tóquio 2020
Ana Marcelle - tiro com arco - classificada para Tóquio 2020

A carioca Ana Marcelle, única mulher classificada para Tóquio no tiro com arco, disputa fase eliminatória nesta quarta (23) com a australiana Laura Paeglis – Divulgação/COB

Outra disputa  que terá representantes brasileiros é a de duplas mistas. Ane Marcelle e Marcus D´Almeida, que ficaram em 14º na etapa inicial com 1303 pontos, terão pela frente a equipe da Malásia. O duelo eliminatório por vaga nas oitavas de final será na quinta-feira (24), às 04h15 (horário de Brasília).  Marcus e Ane Marcelle erão os únicos brasileiros nessa modalidade no Japão. Eles estarão nas disputas individuais e nas duplas mistas na Olimpíada.  

A etapa de Paris da Copa do Mundo é a terceira dessa temporada, mas a primeira com participação de atletas brasileiros. A seleção nacional havia sido impedida de participar dos torneios da Guatemala e da Suíça por restrições relativas à pandemia do novo coronavírus (covid-19). 

Categorias
Esportes

Prestes a participar da sétima Olimpíada, Formiga chega ao São Paulo

Antes de integrar a seleção brasileira para disputar a sétima Olimpíada da carreira, a volante Formiga foi apresentada nesta terça-feira (22) como reforço da equipe feminina do São Paulo. A veterana, de 43 anos, estava no Paris Saint-Germain (França) e retorna ao Tricolor paulista depois de 21 anos.

Durante a apresentação, foi veiculado um vídeo com mensagens de boas vindas à camisa 8. Entre as personalidades que enviarem mensagens, estavam a campeã olímpica do salto em distância Maureen Maggi, a coordenadora de competições femininas das Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Aline Pellegrino; Hernanes, meia da equipe profissional masculina do Tricolor; e a técnica da seleção feminina, Pia Sundhage.

Em entrevista coletiva, Formiga revelou que um dos motivos para retornar ao São Paulo tem a ver com o pós-carreira, seja ainda em campo ou fora dele. O contrato como atleta é válido até o fim de 2022.

“[O projeto do São Paulo] É bem audacioso. Acredito que possa continuar aqui, trabalhar quem sabe na gestão, até mesmo no futuro como auxiliar técnica. Todos sabem do desejo que tenho de ser treinadora. Vejo o futebol brasileiro evoluindo. A gente não vê tantos placares elásticos [como antes]. Os times estão se fortalecendo e o futebol feminino só tem a ganhar. Espero que melhore nos próximos anos”, disse a volante.

Formiga embarca para Portland (Estados Unidos) na sexta-feira (25) para três semanas de treinamentos com a seleção feminina. O período antecede a viagem da delegação para os Jogos de Tóquio. A reestreia pelo São Paulo ocorrerá somente em meados de agosto, após a Olimpíada, a partir das quartas de final da Série A1 (primeira divisão) do Campeonato Brasileiro.

A primeira passagem dela pelo São Paulo foi entre 1997 e 1999, período em que o clube era a maior potência da modalidade no país. Na ocasião, a jogadora dividiu o gramado com outros ícones do futebol feminino brasileiro, como Sissi, Kátia Cilene e Juliana Cabral. Foram três títulos e 20 jogos vestindo a camisa tricolor, com 19 vitórias e apenas um empate.

“Nessa etapa, nosso treinamento era em Indaiatuba [cidade do interior paulista, próxima à capital]. O apoio do São Paulo a gente sempre teve e era uma diferença incrível para outras equipes. O São Paulo era a base da seleção brasileira. Fomos felizes. Acredito todos os títulos que ganhamos na época foram por este suporte. Agora não será tão diferente, porque o São Paulo está se fortalecendo. Espero, de verdade, trazer alegria para esse clube, ganhar títulos e que, a cada dia, esse clube venha a crescer mais e mais”, concluiu a veterana.

Categorias
Esportes

Basquete: Brasil vence Polônia em amistoso antes do Pré-Olímpico

Na tarde desta terça-feira (22), em Gliwice, na Polônia, a seleção brasileira masculina de basquete venceu o selecionado local por 68 a 65. O jogo foi o primeiro teste do time do técnico Aleksandar Petrovic antes do Pré-Olímpico da modalidade, que será disputado em Split, na Croácia. Os destaques do time verde e amarelo foram o ala Léo Meindl, com 10 pontos e sete rebotes, o armador Vitor Benite, com 10 pontos, e o também armador Georginho, com 10 pontos e seis rebotes.

Na primeira parcial, o Brasil já conseguiu abrir uma boa vantagem, 18 a 5. No intervalo, apesar de uma reação polonesa no segundo quarto, o placar ainda era folgado a favor do Brasil, apontando 38 a 26. No final da terceira parcial, já com uma equipe bastante mexida, o time verde e amarelo seguia na frente. O placar apontava 55 a 45. O último quarto foi de administração dos brasileiros e da seleção polonesa tentando forçar o ritmo. No final, o placar ficou em 68 a 65 para o Brasil.

Nesta quarta-feira (23), às 15h (horário de Brasília), os times voltam a se enfrentar. “Esses jogos servem para dar quadra a alguns jogadores como Cristiano Felício e Anderson Varejão, que jogaram pouco no ano. E também para tirar algumas das poucas dúvidas que tenho. No segundo duelo, já quero colocar um time mais próximo ao que teremos em Split”, disse o treinador à assessoria da Confederação Brasileira da modalidade (CBB).

Após os dois jogos contra a Polônia, o técnico Aleksandar Petrovic fará um corte na equipe, ficando com 14 atletas. O embarque para a Croácia ocorre no dia 25. Em Split, mais dois jogadores serão cortados, totalizando os 12 brasileiros que farão parte do time. A estreia no Pré-Olímpico, na cidade de Split, acontece no dia 29 contra a Tunísia, às 15. No dia 30, o rival é a Croácia. Os dois melhores desse triangular avançam para pegar os dois primeiros entre Alemanha, Rússia e México. O campeão de um grupo pega o vice de outro e vice-versa. Na final, os vencedores desses jogos se enfrentarão. Apenas o campeão, que será conhecido no dia 4 de julho, vai aos Jogos de Tóquio.

Categorias
Esportes

Melhores duplas brasileiras de vôlei de praia estreiam no Superpraia

Na tarde desta terça-feira (22), a dupla Ana Patrícia e Rebecca (MG/CE), atual campeã do torneio, estreia na edição 2021 do Superpraia contra Andrezza e Fernanda. O evento reúne as 20 duplas de melhor ranking dos dois naipes no circuito nacional e teve os primeiros jogos da fase de grupos na manhã desta terça-feira.

Os jogos ocorrem na Escola de Educação Física do Exército (EsEFEx), na praia da Urca, no Rio de Janeiro. Campeãs da nona etapa do circuito nacional no domingo (20), Ana Patricia e Rebecca também estarão nos Jogos Olímpicos de Tóquio. “Estávamos sem competir há um tempo. Ficamos super felizes com a vitória no final de semana e lógico que a gente vai com empolgação para o Superpraia”, afirmou Rebecca à assessoria da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

André Stein e George vão em busca de mais um bicampeonato.
André Stein e George vão em busca de mais um bicampeonato.

André Stein e George vão em busca de mais um bicampeonato. – Ana Patricia/Inovafoto/CBV

Bicampeões da temporada Open do Circuito Brasileiro de vôlei de praia, André Stein e George vão em busca de mais um bicampeonato nesta semana. A dupla conquistou a edição do Superpraia em 2019 e vai defender o título. A estreia será nesta quarta-feira (23), a partir das 09h40, contra Bernardo e Eduardo.  “A gente está bem empolgado. Uma competição atrás da outra tem um desgaste também, mas, por rodar o Circuito Mundial, estamos mais acostumados. O foco era ganhar as duas etapas. Chegamos na final nessa primeira, acabamos tropeçando na final, mas agora vamos com mais força para ganhar outro ouro. Ainda mais que é na principal competição da temporada”, afirmou André.

Bruno Schmidt e Evandro chegam embalados por ouro no domingo.
Bruno Schmidt e Evandro chegam embalados por ouro no domingo.

Bruno Schmidt e Evandro chegam embalados por ouro no domingo. – Ana Patricia/Inovafoto/CBV

Campeões da nona etapa do circuito nacional no masculino depois de um período sem disputarem competições, Bruno Schmidt e Evandro (DF/RJ), que serão representantes brasileiros na Olimpíada, fizeram a primeira partida no torneio na manhã desta terça, vencendo Leo e Gabriel por 2 sets a 0 (21×12, 21×16). “É muito importante para a gente voltar a competir. Ainda temos dúvidas em relação ao último torneio na Suíça (do Circuito Mundial). Eu tive que me ausentar de grande parte da temporada. Tive que fazer uma pré-temporada no meio das competições. Foi ótimo voltar a jogar o Circuito Brasileiro, estava um bom tempo afastado, com saudade já. Gostei muito desse evento na Urca, belíssimo. É realmente um privilégio jogar nessas condições. Ter estendido o torneio até o final foi ainda melhor. Complementa bem o que a gente queria, em pouco tempo jogar ao máximo, treinar ao máximo. Óbvio que nosso foco está daqui a um mês, tentar botar nossas condições físicas e técnicas no máximo para lá. Com relação ao Superpraia, minha expectativa é não ter expectativas, acho que é a melhor coisa. Como fiz nesse torneio da semana passada. Jogar dia a dia, aproveitar cada jogo, cada set, para botar em prática o que não fiz nos meses passados. Óbvio que quero jogar, gosto de jogar até o fim. O que me dá prazer é jogar o torneio do início ao fim”, declarou Bruno, campeão olímpico e tetracampeão do Superpraia.

Bárbara Seixas e Carol Solberg vão atrás de mais uma medalha.
Bárbara Seixas e Carol Solberg vão atrás de mais uma medalha.

Bárbara Seixas e Carol Solberg vão atrás de mais uma medalha. – Ana Patricia/Inovafoto/CBV

Além de Ana Patricia/Rebecca, as duplas participantes do torneio feminino são Bárbara Seixas/Carol Soberg (RJ), Elize Maia/Thamela (ES), Josi/Juliana (SC/CE), Andressa/Vitoria (PB/RJ), Taina/Victoria (SE/MS), Taiana/Hegê (CE), Aline/Neide (SC/AL), Verena/Angela (CE/DF), Cacá Richa/Carol Horta (RJ/CE), Erica Freitas/Thati (MG/PB), Val/Vivian (RJ/PA), Talita/Maria Elisa (AL/RJ), Rafaela/Jessica (PA), Ana Luiza/Tory (SC/CE), Fabrine/Solange (BA/DF), Izabel/Teresa (PA/DF), Talita Simonetti/Victoria Strehl (CE/RS), Flavia Moura/Barbara Ferreira (RJ) e Andrezza/Fernanda Melo (AM/BA).

Entre os homens, além de André Stein/George e Bruno Schmidt/Evandro, os participantes são Guto/Arthur Mariano (RJ/MS), Renato/Adrielson (PB/PR), Fabio/Allison Francioni (CE/SC), Vinicius Freitas/Vitor Felipe (ES/PB), Oscar/Thiago (RJ/SC), Maia/Vinicius Cardozo (RJ), Hevaldo/Adelmo (CE/BA), Marcus/Jô (RJ/PB), Bernardo Lima/Eduardo Davi (CE/PR), Leo Vieira/Bruno de Paula (DF/AM), Felipe Cavazin/Luciano (PR/ES), Rafa/Fernandão (PR/ES), Harley/Averaldo (DF/TO), Lipe/Anderson Melo (CE/RJ), Leo Gomes/Gabriel Gouveia (RJ), Pedro Solberg/Arthur Lanci (RJ/PR), Alvaro Andrade/Rafael (SE/PB) e Felipe/Jefferson (DF/CE).

Dentro do planejamento de cada dupla visando aos Jogos Olímpicos de Tóquio, Ágatha e Duda (PR/SE) e Alison e Álvaro Filho (ES/PB) não disputarão o Superpraia.

O evento segue até sexta-feira (25) com os jogos sendo transmitidos no site voleidepraiatv.cbv.com.br.

Categorias
Esportes

Copa América registra 140 casos de covid-19, diz Conmebol

A Copa América, no Brasil, registrou até ontem (21) 140 infectados pela covid-19, entre atletas, membros de delegação, árbitros, operários e terceirizados envolvidos na competição. O dado foi divulgado pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol).

Segundo a confederação, foram realizados 15.235 testes do tipo PCR, para detecção do novo coronavírus, desde o início da competição, que começou em 13 de junho. Os números são organizados pelo Ministério da Saúde e a Comissão Médica da Conmebol.

A entidade ressaltou que o número de testes positivos representa 0,9% do total, e disse que os protocolos sanitários adotados “provaram ser altamente eficazes”.

“A maioria dos afetados são trabalhadores, membros de delegações e pessoal terceirizado. Em comparação com o relatório anterior, a incidência do coronavírus diminuiu, o que é um sinal claro de que as medidas preventivas e os protocolos de saúde estão funcionando conforme o esperado”, disse a Conmebol em nota.

Categorias
Esportes

No duelo de desesperados, Santa Cruz e Jacuipense empatam na Série C

O estádio do Arruda foi palco na noite desta segunda-feira (21) do empate de 2 a 2 entre Santa Cruz e Jacuipense, no fechamento da 4ª rodada do Grupo A da Série C. Com o resultado, as duas equipes seguem na zona de rebaixamento com apenas dois pontos conquistados. O Tricolor pernambucano é o 9º e o Jacuipense o 10º. Os gols foram marcados por Lucas Batatinha e Léo Gaúcho, para o Tricolor, e Bambam e Thiaguinho, para os baianos.

Antes dos 10 minutos de jogo, o time da casa tinha criado duas chances. Aos três, Wallace Pernambucano, na pequena área, forçou o goleiro do Jacuipense a mandar para escanteio. Aos sete, a reclamação foi de pênalti quando França invadiu a área e rolou para Wallace Pernambucano. Porém, o árbitro nada marcou. Aos 27, o Jacuipense chegou forte com Bambam dentro da área. Mas ele bateu firme de esquerda para fora.

Aos seis da etapa final, o Santa Cruz abriu o placar. Madson, pela esquerda, cruzou para Lucas Batatinha, que, de cabeça, abriu o placar no Arruda. Só que, no minuto seguinte, Gedeilson apareceu pela direita e cruzou para o meio da área, onde Bambam mandou para o fundo do gol. Aos 22, os visitantes viraram o placar com um bonito gol. Thiaguinho matou no peito, driblou Weriton e deslocou Jordan para deixar o placar em 2 a 1 para o Jacuipense. Quando parecia que a vitória seria do time da Bahia, os pernambucanos conseguiram deixar tudo igual novamente, quando Léo Gaúcho cabeceou para o fundo das redes após cobrança de escanteio de Chiquinho.

Na próxima rodada o Jacuipense terá a chance de tentar a primeira vitória na competição, quando recebe o Ferroviário no estádio Valfredão no próximo sábado (26). No mesmo dia, o Santa Cruz visita o Volta Redonda no estádio Raulino de Oliveira.

Categorias
Esportes

Atlético-MG e Chapecoense empatam em 1 a 1 pelo Brasileiro

Em partida realizada na noite desta segunda-feira (21) no estádio do Mineirão, o Atlético-MG e a Chapecoense empataram por 1 a 1 em jogo válido pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com esse resultado o Galo alcançou os 10 pontos, ocupando a 5ª posição. Para a Chapecoense o ponto valeu a saída da zona do rebaixamento, alcançando a 16ª colocação com três pontos.

O Atlético-MG chegou à partida com 13 desfalques. Talvez por isto, a equipe mineira quase levou um gol logo no primeiro minuto de jogo. O meia Fernandinho recebeu passe e ficou de cara para o goleiro Everson. Mas, na hora de finalizar, ele acabou se enrolando ao se livrar do jogador do Galo.

Aos cinco, após boa jogada do Guilherme Arana pela esquerda, o goleiro João Paulo espalmou, a bola bateu na zaga e quase foi para dentro do gol catarinense. Aos 19, o meia Hyoran tabelou com Hulk, recebeu em profundidade e finalizou de dentro da área. A bola passou muito perto do gol de João Paulo.

Aos 22, a Chapecoense chegou mais uma vez com muito perigo, quando Fernandinho tocou para Anselmo Ramon. O atacante bateu de primeira, mas perdeu. Dois minutos depois finalmente o Galo abriu o marcado. Hyoran tocou para Tchê Tchê, que, de muito longe, bateu forte no canto esquerdo para abrir o placar.

Aos 30 minutos a Chapecoense criou uma boa oportunidade, quando Ravanelli finalizou e a bola bateu em Anselmo Ramon, que mandou para a rede. Porém, o juiz assinalou impedimento. Aos 37, o atacante Hulk se antecipou à zaga na cobrança de escanteio e cabeceou no travessão.

No início do segundo tempo, Hulk quase marcou novamente, quando bateu forte de primeira e João Paulo fez uma bela defesa. Aos 23, Fernandinho acertou a trave esquerda do goleiro Everson, a bola correu por cima da linha e quase entrou. Mas, aos 32 minutos, o Verdão do Oeste conseguiu deixar tudo igual, graças a cobrança de pênalti de Ravanelli.

O próximo compromisso do Galo mineiro pelo Brasileiro é na próxima quinta-feira (24), quando enfrenta o Ceará no Castelão. No mesmo dia, a Chapecoense recebe o Internacional em Santa Catarina.

Categorias
Esportes

Copa América: Argentina derrota Paraguai e assume ponta do Grupo A

No estádio Mané Garrincha, em Brasília, a Argentina derrotou o Paraguai por 1 a 0 na noite desta segunda-feira (21). A vitória no jogo válido pela 3ª rodada do Grupo A da Copa América deixou a equipe de Lionel Messi na liderança isolada da chave com sete pontos e a classificação antecipada às quartas de final da competição. Já o time paraguaio fica na 3ª posição com três pontos.

Além disso, o jogo marcou também a chegada de Messi a 147 partidas com a camisa argentina. Desta forma, o craque do Barcelona se tornou, ao lado de Mascherano, um dos jogadores com mais jogos pela Argentina.

O único gol da partida foi marcado pelo meia Papu Gómez, aos nove minutos da primeira etapa. O jogador do Sevilla aproveitou bela jogada coletiva para superar o goleiro Antony Silva. Aos 16 minutos, Messi quase deixou o seu, em cobrança de falta que terminou com a bola raspando a trave. Na sequência, o jogo seguiu bastante equilibrado, com poucas chances de lado a lado.

Na segunda etapa, em desvantagem, o Paraguai tentou forçar mais o ritmo. Porém, foram poucas as oportunidades de gol. No primeiro minuto, Arzamendia, de dentro da área, finalizou forte, mas ele acabou travado pela zaga argentina. Aos 30, o Paraguai teve uma boa falta dentro da meia-lua, mas Ángel Romero cobrou mal.

Na próxima rodada a Argentina folga e o Paraguai enfrenta o Chile na quinta-feira (24), às 21h (horário de Brasília). O próximo jogo da Argentina será na próxima segunda-feira (28) contra a Bolívia.

Categorias
Esportes

Dinamarca goleia Rússia e se garante nas oitavas da Eurocopa

Com uma goleada de 4 a 1 sobre a Rússia nesta segunda-feira (21) no estádio Parken, em Copenhagen, a Dinamarca garantiu a classificação para as oitavas de final da Eurocopa. Também pelo Grupo B, a Bélgica superou a Finlândia por 2 a 0 para manter a invencibilidade na competição.

Com os resultados desta segunda, os belgas conseguiram a liderança no grupo com três vitórias em três jogos e a Dinamarca ficou em segundo lugar com três pontos. A Finlândia terminou em terceiro pelo saldo de gols.

Mikkel Damsgaard abriu o placar para os dinamarqueses com um chute impressionante aos 38 minutos, e Yussuf Poulsen aproveitou um passe ruim de Roman Zobnin para marcar o segundo aos 14 minutos da segunda etapa.

Artyom Dzyuba diminuiu em cobrança de pênalti para a Rússia aos 25 minutos, mas um chute muito forte da entrada da área de Andreas Christensen e um quarto gol de Joakim Maehle completaram o resultado. A Dinamarca enfrentará o País de Gales nas oitavas de final em Amsterdã (Holanda), no dia 26 de junho.

Já a Bélgica, que triunfou graças a gols de Lukaku e Hradecky (contra), enfrenta na próxima fase um dos terceiros colocados em Sevilha (Espanha) no dia 27.

* Com informações da agência de notícias Reuters.

Categorias
Esportes

Chile e Uruguai empatam em 1 a 1 pela Copa América

Chile e Paraguai empataram em 1 a 1, na noite desta segunda-feira (21) na Arena Pantanal, em Cuiabá, na partida que abriu a 3ª rodada do Grupo A da Copa América. Eduardo Vargas abriu o placar, mas Luis Suárez garantiu a igualdade dos uruguaios.

Com o resultado, o Chile lidera a chave com cinco pontos. Agora, a La Roja torce por um revés da Argentina, que, com quatro pontos, enfrenta o Paraguai a partir das 21h (horário de Brasília). Já a Celeste é a 4ª colocada com um ponto em dois jogos.

Ainda em busca dos primeiros pontos no torneio, o Uruguai começou a partida no campo de ataque. Aos oito, De La Cruz lançou para Arrascaeta, que ajeitou para o meio e achou Cavani de frente para Cláudio Bravo. O atacante do Manchester United concluiu de muito perto e obrigou o goleiro do Betis a fazer uma belíssima defesa.

No minuto seguinte, Arrascaeta pegou uma sobra de Suárez e chutou forte de direita para mais uma defesa de Bravo. Aos 26, veio o gol da La Roja. Eduardo Vargas tabelou com Brereton e entrou livre na área pelo lado direito. O atleta do Atlético-MG chutou cruzado para superar Muslera. Esse foi o 14º gol de Vargas em edições de Copa América. Assim ele ficou a apenas três dos maiores artilheiros do torneio, o argentino Norberto Mendéz e o brasileiro Zizinho.

Aos vinte minutos do segundo tempo, Suárez foi decisivo. Após cobrança de escanteio de Facundo Torres, Vecino desviou e o camisa 9 do Uruguai dividiu com Vidal para mandar para o fundo do gol.

Aos 33, o Chile perdeu uma grande chance. Mena cruzou da esquerda, Meneses desviou e a bola sobrou para Arriagada. Na frente do gol, o atacante desviou com um tapinha no canto esquerdo, mas a bola passou raspando. Aos 39, foi a vez de o Uruguai chegar muito perto de balançar as redes. O lateral Viña colocou a bola com perfeição na cabeça de Cavani. O atacante se antecipou e finalizou muito perto do gol de Bravo.

Os dois times voltam a jogar pela competição na próxima quinta-feira (24). Uruguai e Bolívia medem forças, a partir das 18h (horário de Brasília) na Arena Pantanal, e Chile e Paraguai se enfrentam, às 21h, no estádio Mané Garrincha.