Categorias
Esportes

São Bernardo do Campo recebe Nacional de Maratonas Aquáticas

Será realizada neste final de semana a segunda e última etapa do Campeonato Brasileiro e Copa Brasil de Maratonas Aquáticas. Os torneios ocorrerão em São Bernardo do Campo, em São Paulo, no Billings Country Club, e marcarão o encerramento da temporada para a modalidade. Cerca de 200 atletas estão inscritos. As provas serão divididas em 10 km do Campeonato Brasileiro e 5 km da Copa Brasil no sábado (19) e 5 km do Campeonato Brasileiro e 2,5 km da Copa Brasil no domingo. O percurso terá 2,5 km. 

“É o encerramento de uma temporada desafiadora para o mundo. Todos tiveram que readaptar rotinas e treinos. A intenção é oferecer uma prova segura, em local totalmente aberto, seguindo os protocolos sanitários e que dê a oportunidade dos nossos atletas competirem”, explicou o diretor de Maratonas Aquáticas da CBDA, Sergio Silva, à equipe da Confederação. Como medida de segurança, a Federação Aquática Paulista, em conjunto com a CBDA, elaborou alguns protocolos como a proibição de acesso de público, a obrigatoriedade do uso de máscara, verificação de temperatura corporal, demarcação de espaço para equipes, entre outras medidas. Além disso, as provas foram separadas entre turnos para evitar aglomerações no clube.

“As expectativas são boas para esse Brasileiro de Maratonas Aquáticas. Tudo será organizado para que os atletas conquistem seus melhores resultados”, avaliou o presidente da FAP, Marcelo Biazoli, à equipe da CBDA. De acordo com o regulamento do Campeonato Brasileiro e da Copa Brasil, só há um campeão geral desde que ao menos seis etapas tenham sido disputadas. Por conta da pandemia da COVID-19, em 2020, antes da etapa desse final de semana, houve apenas uma, no início do mês em Salvador.
 

Categorias
Esportes

Definidas data e sede do Pré-Olímpico de Rugby

O Pré-Olímpico de Rugby Sevens será realizado entre os dias 19 e 20 de junho de 2021, em Mônaco. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (17) pela World Rugby.
A Seleção Masculina do Brasil, conhecida como Os Tupis, estará presente no evento disputando a única vaga ainda em aberto. Ao lado dos Tupis, estarão no torneio Chile, China, França, Hong Kong, Irlanda, Jamaica, México, Samoa, Tonga, Uganda e Zimbábue.
Enquanto isso, o campeonato feminino colocará em jogo duas vagas a Tóquio. A Seleção verde e amarela, conhecida com as Yaras, já está classificada. Os times do Pré-Olímpicos serão Argentina, Colômbia, França, Hong Kong, Jamaica, Cazaquistão, Madagascar, México, Papua Nova Guiné, Rússia, Samoa e Tunísia.
Nesta quinta-feira, a entidade anunciou também a criação de sete torneios preparatórios à Olimpíada. A partir de 20 e 21 e 27 e 28 de fevereiro, em Madri, na Espanha, diversas equipes nacionais jogarão em vários locais do mundo em busca da melhor condição para os Jogos Olímpicos.
Entre os homens, estão garantidos África do Sul, Argentina, Austrália, Canadá, Coreia do Sul, Estados Unidos, Fiji, Grã-Bretanha, Japão, Nova Zelândia e Quênia.
No torneio feminino, dez representantes estão definidos: Austrália, Brasil, Canadá, China, Estados Unidos, Fiji, Grã-Bretanha, Japão, Nova Zelândia e Quênia.

Categorias
Esportes

Série B: Paraná derrota CRB e deixa zona do rebaixamento

O Paraná foi até o estádio Rei Pelé, nesta quinta-feira (17), e derrotou o CRB por 2 a 0. Com este resultado deixou a zona do rebaixamento da Série B na partida que encerrou a 29ª rodada da competição.

Com o triunfo, o Tricolor alcançou a 16ª posição com 32 pontos, empurrando o Figueirense, que tem 31 pontos, para a 17ª posição, dentro da zona do rebaixamento. Já o CRB permanece em 15º, com 34 pontos.

Gol no início

Mesmo na condição de visitante, o Paraná sabia que tinha a obrigação de atacar para vencer um adversário direto na luta para fugir do rebaixamento. E foi isso que a equipe comandada por Gilmar Dal Pozzo fez desde o início. Com isso, não demorou a abrir o marcador. Aos 9 minutos o meia Higor Meritão recebe de Karl e bate de longe para abrir o marcador.

A partir daí, o time visitante se fecha na defesa esperando uma oportunidade de ampliar sua vantagem. E ela surge aos 40 minutos da etapa final, quando Jhony Douglas chuta forte, da entrada da área, para marcar um golaço. Placar final CRB 0, Paraná 2.

Veja a classificação atualizada da Série B do Brasileiro.

Categorias
Esportes

América-MG vence Figueirense e se aproxima da liderança da Série B

O América-MG foi até o estádio Orlando Scarpelli nesta quinta-feira (17), derrotou o Figueirense por 2 a 1 e diminuiu a diferença para a Chapecoense, líder da Série B e que empatou na última quarta com o Náutico, para apenas 2 pontos.

Com este triunfo, o Coelho chegou aos 56 pontos, enquanto o Verdão do Oeste tem 58 após o empate sem gols com o Timbu. Com a derrota, o Figueira fica na 16ª posição (perto do Z4), com 31 pontos.

Triunfo de virada

Jogando em casa, o Figueirense conseguiu abrir o marcador logo aos 8 minutos de partida, quando o zagueiro Matheus Neris aproveita sobra de bola após cobrança de escanteio para bater de esquerda no ângulo do gol defendido por Matheus Cavichioli.

Mas o Coelho conseguiu o empate ainda na etapa inicial, aos 37 minutos, quando Rodolfo bate com força, mas com pouco ângulo. Porém, o goleiro Rodolfo Castro se enrola e empurra a bola para dentro do seu próprio gol.

O empate permanece até o intervalo, mas o América-MG chega ao gol da vitória com menos de 1 minuto do segundo tempo, com Ademir, após belo passe de Geovane.

Na próxima rodada, o América-MG tem a oportunidade de ultrapassar o líder da Série B, pois enfrenta a Chapecoense na Arena Independência. Já o Figueirense visita o Guarani no mesmo dia.

Veja a classificação atualizada da Série B do Brasileiro.

Categorias
Esportes

Surfe: Ítalo e Medina chegam às oitavas de Pipeline

Os surfistas brasileiros voltaram a cair na água no Havaí nesta quinta-feira (17) para a disputa da primeira etapa do Circuito Mundial de Surfe, o Billabong Pipe Masters, realizado na ilha de Oahu. E o destaque foi a classificação de seis atletas do Brasil para as oitavas de final, entre eles os campeões mundiais Ítalo Ferreira e Gabriel Medina.

O primeiro a avançar foi Peterson Crisanto, que somou 9,10 pontos para superar o norte-americano Griffin Colapinto. Depois foi a vez de Caio Ibelli bater o australiano Wade Carmichael por 9,30 a 5,77.

Quem não deu oportunidade alguma para o azar foi o atual campeão Ítalo Ferreira, que marcou 10,16 para despachar sem dificuldades o havaiano Sebastian Zietz (2,06). Quem também brilhou foi Miguel Pupo, que superou o norte-americano Kolohe Andino (8,23).

Chegou então a hora de o bicampeão mundial Gabriel Medina entrar na água. Após passar a primeira parte da bateria sem pontuar, o brasileiro conseguiu somar 11,83 pontos no final da disputa e deixou no caminho o australiano Morgan Cibilic (6,34). O último brasileiro a conseguiu uma vaga nas oitavas foi Jadson André, que superou o francês Michel Bourez por 9,66 a 4,33.

Categorias
Esportes

Surfe: após ataque de tubarão, WSL decide levar Maui Pro para Pipeline

A WSL (Liga Mundial de Surfe) anunciou nesta quinta-feira (17) que mudará o local de realização do Maui Pro, primeira etapa do Circuito Mundial de Surfe feminino, após um ataque de tubarão na última semana em Honolua Bay (Havaí), sede inicial da competição.

Agora, a competição continuará a ser realizada em Pipeline, na ilha de Oahu (Havaí).

“O restante do Maui Pro […] foi aprovado para ser concluído em Pipeline [a primeira vez que uma competição feminina de CT será realizada no local]. Temos apoiado o recém-aprovado projeto 10 e estamos ansiosos para ser uma parte de trazer maior igualdade de gênero para o surfe no Havaí”, disse em comunicado o diretor-executivo da WSL, Erik Logan.

“Estou muito grata pela oportunidade das mulheres surfarem aqui em Pipe, em um dia normal é muito complicado e intimidante conseguir uma onda aqui, então olhar para a programação com apenas outra garota é muito especial”, declarou a atual campeã mundial Carissa Moore.

Brasileira na disputa

O Maui Pro será reiniciado com a disputa entre a brasileira Tatiana Weston-Webb e a norte-americana Sage Erickson pelas quartas de final da competição.

Competição masculina

Também nesta quinta, reiniciaram as disputas no Billabong Pipe Masters, primeira etapa do circuito mundial de surfe masculino. A competição havia sido interrompida na última sexta-feira (11) após funcionários da WSL, entre eles o diretor-executivo Erik Logan, testarem positivo para o novo coronavírus (covid-19).

Categorias
Esportes

Brasileira participa da última etapa da Copa do Mundo de Skeleton

Nesta sexta-feira (18), a partir das 09h30, no horário de Brasília, a gaúcha Nicole Silveira participará da quarta etapa da Copa do Mundo de Skeleton. O evento acontece na cidade de Insbruck, na Áustria. Essa será a última competição da atleta brasileira, residente em Calgary, no Canadá, antes do final da temporada. “Esse circuito é o mais importante antes do Mundial e da Olimpíada de Inverno. Praticamente, todas as melhores estão participando”, esclareceu a brasileira.

Nascida na cidade de Rio Grande, no extremo sul do Brasil, ela foi a primeira atleta verde e amarela a participar do circuito mundial da modalidade, que tem as provas ocorrendo em pistas de gelo nas quais os pilotos descem deitados de bruços sobre o trenó, chegando a aproximadamente 130 km/h. “Tem sido muito legal. Uma grande oportunidade para aprender com as melhores do mundo. A mais próxima de mim, em termos de experiência, tem uns seis anos na modalidade. Eu estou chegando ao meu terceiro. A jornada é de muita aprendizagem”, disse a atleta.

No mês de novembro, nas duas primeiras etapas ocorridas na cidade de Sigulda, na Letônia, e na terceira prova, que já foi disputada em dezembro na Áustria, Nicole finalizou na 18ª colocação. O principal objetivo da atleta é conseguir a classificação para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022, previstos para Pequim. Para estar lá, ela precisa estar entre as 25 melhores do ranking mundial. “Se não tivesse ocorrido a pandemia, esse torneio seria classificatório. Mas, a Confederação Mundial acabou congelando o ranking até a próxima temporada. Então, a definição das participantes será entre outubro de 2021 e janeiro de 2022. Com os Jogos Olímpicos ocorrendo em fevereiro, esse adiamento acabou sendo bom para mim. Tenho mais tempo para ganhar experiência. Conhecer o esporte, sem maiores preocupações em termos de classificação”.

 

Categorias
Esportes

Lewandowski desbanca Messi e Cristiano Ronaldo e leva The Best

O atacante polonês Robert Lewandowski conquistou nesta quinta-feira (17) o prêmio Fifa The Best, de melhor jogador do mundo, em cerimônia virtual realizada pela Fifa. Ele deixou para trás na disputa o craque argentino Lionel Messi e o português Cristiano Ronaldo.

A cerimônia, promovida pela entidade máxima do futebol, prestou várias homenagens aos ex-jogadores Diego Maradona e Paolo Rossi, que faleceram no decorrer deste ano.

Melhores do mundo

A conquista do atacante do Bayern de Munique acontece após mais uma temporada repleta de gols e de conquistas. Para superar os badalados Messi e Cristiano Ronaldo, Lewandowski marcou 59 gols na última temporada (somando os tentos por seu clube e sua seleção), e foi peça fundamental em uma temporada perfeita da equipe de Munique, que culminou com a conquista da última edição da Liga dos Campeões.

Entre as mulheres a honraria coube à lateral Lucy Bronze (Manchester City), um dos destaques da seleção de seu país. Ela venceu na disputa a dinamarquesa Pernille Harder (Chelsea) e a francesa Wendie Renard (Lyon).

Prêmio Puskas

O prêmio do gol mais bonito da temporada foi para o sul-coreano Heung-min Son (Tottenham), que venceu a disputa graças a um golaço, no qual dá uma arrancada da defesa de sua equipe até a meta do Burnley. Ele disputava a honraria com o uruguaio Arrascaeta (Flamengo), que concorria graças a um gol de bicicleta contra o Ceará, e o uruguaio Luis Suárez (Atlético de Madrid), por gol marcado quando ainda estava no Barcelona.

Melhores técnicos

Entre os treinadores, o alemão Jürgen Klopp (Liverpool) foi escolhido como o melhor do mundo, após um grande trabalho à frente da equipe inglesa, que voltou a figurar entre as principais do mundo nas últimas temporadas. O técnico disputava a honraria com seu compatriota Hansi Flick (Bayern de Munique), atual detentor do título da Liga dos Campeões, e o argentino Marcelo Bielsa (Leeds United), reconhecido como uma referência para vários dos treinadores da atualidade.

Já no feminino, a vencedora foi a holandesa Sarina Wiegman, comandante da seleção feminina de seu país. Ela deixou para trás na disputa o francês Jean-Luc Vasseur (Lyon) e a inglesa Emma Hayes (Chelsea).

Goleiros

Na disputa pelos títulos de melhores goleiros da temporada, os prêmios ficaram com atletas que ajudaram suas equipes a conquistarem as últimas edições da Liga dos Campeões. A francesa Sarah Bouhaddi (Lyon) foi a vencedora entre as mulheres, superando a chilena Christiane Endler (PSG) e a norte-americana Alyssa Naeher (Chicago Red Stars).

Entre os homens a honraria coube ao alemão Manuel Neuer (Bayern de Munique), que impediu o bicampeonato do brasileiro Alisson (Liverpool) e uma vitória do esloveno Jan Oblak (Atlético de Madrid). Apesar da derrota nesta categoria, o brasileiro ficou dentro da seleção da temporada, que conta com outro brasileiro, Thiago Alcântara (Bayern de Munique), que é naturalizada espanhol.

Conquista brasileira

A única conquista do Brasil na edição deste ano do prêmio veio graças a um torcedor do Sport, Marivaldo da Silva. Ele levou para casa o Fifa Fan Award por causa de história. Para acompanhar os jogos de sua equipe ao vivo, ele caminha 60 km (por mais de 12 horas) entre a cidade de Pombos e Recife.

Categorias
Esportes

Corte Arbitral do Esporte mantém Rússia fora da Olimpíada de Tóquio

No início da tarde desta quinta-feira (17), no horário de Brasília, a Corte Arbitral do Esporte (CAS), na Suíça, confirmou a manutenção da exclusão da Rússia de competições internacionais pelos próximos dois anos. Assim, atletas e equipes russas só poderão participar da Olimpíada de 2021, da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022, entre outras competições, se confirmarem que não estão envolvidos em casos de doping. Nas Olimpíadas, esses atletas estarão sob uma bandeira do Comitê Olímpico Internacional (COI). E, no caso da conquista de alguma medalha, o hino russo não será executado.

Inicialmente, o país tinha sido banido do esporte por quatro anos pela Agência Mundial Antidoping (WADA, sigla em inglês) por causa de um sistema de doping que teve envolvimento de altas autoridades russas. Para a Corte, entre outras irregularidades constatadas desde 2014, houve adulteração de um banco de dados do laboratório da capital russa antes da entrega oficial do material à WADA.

Na decisão divulgada nesta quinta-feira, porém, houve a redução do prazo de quatro para dois anos. Também ficou decidido que os atletas até poderão usar o nome Rússia nos uniformes, se apresentarem a expressão Atleta Neutro no mesmo tamanho e com o mesmo destaque. A pena divulgada nesta quinta-feira é válida até 16 de dezembro de 2022.

Categorias
Esportes

Covid-19 adia Rio Open de 2021 e organização trabalha por nova data

A organização do Rio Open de tênis divulgou através das redes sociais que a edição 2021 do torneio não será mais realizada em fevereiro. “Em função do cenário de incerteza com relação à pandemia provocada pelo novo coronavírus (covid-19), a IMM Esporte e Entretenimento, em conjunto com ICT (Instituto Carioca de Tênis), decidiu não realizar a oitava edição do Rio Open em fevereiro. No momento, a organização do torneio está em contato com a Associação de Tenistas Profissionais (ATP) a fim de verificar a possibilidade de destinação de uma nova data para realização do Torneio em 2021”, informa o documento divulgado na noite desta quarta-feira (16).

Desde o começo da pandemia, a IMM também tomou a decisão de suspender a realização de todos os eventos com presença de público, como foi o caso da edição presencial da São Paulo Fashion Week e do festival gastronômico Taste. “A determinação foi de que só voltaríamos a realizar eventos quando fosse possível estabelecer protocolos que assegurassem a segurança de colaboradores, fornecedores e das pessoas que nos confiam seu momento de lazer. Como ainda não foi possível efetivar essas medidas, não restou outra saída a não ser a não realização do Rio Open em fevereiro”, salientou a empresa.

O Rio Open é o primeiro ATP World Tour 500 da história do Brasil, sendo um dos 22 mais importantes do calendário mundial. “O Rio Open já está incorporado ao calendário de eventos da Cidade do Rio de Janeiro, da mesma forma que eventos como o réveillon e o carnaval. Mas a segurança do nosso público é prioridade. Os fãs do tênis podem estar certos de que já estamos trabalhando para que tenhamos a próxima edição cheia de novidades”, diz Marcia Casz, Diretoria Geral do Rio Open.

Desde 2014, já participaram do torneio do Rio de Janeiro, o maior da América do Sul, nomes como Rafael Nadal, David Ferrer, Pablo Cuevas, Dominic Thiem, Diego Schwartzman, Laslo Djere e Cristian Garin. Luiz Carvalho, diretor do Torneio e responsável pelo relacionamento com a ATP, também falou sobre o adiamento. “Adoraria estar agora anunciando os jogadores confirmados, como fazemos todos os anos. Mas, foi preciso tomar essa decisão para preservar a saúde de todos. Estamos em conversas com a ATP a fim de obter autorização para um possível nova data”.

O torneio está trabalhando com a ATP para uma nova data que permita a realização da oitava edição do Rio Open ainda em 2021. Caso contrário, o evento retorna em 2022.